Cidadão que acompanha o orçamento público dá valor ao Brasil


Suely Lenore Caputo Aymone

Suely Lenore Caputo Aymone
  • Ano de participação: 2018
  • Cidade: Uruguaiana - RS
  • Escola: Instituto Estadual de Educação Elisa Ferrari Valls
  • Formação: Licenciatura em Letras – Especialização em Ensino de Língua portuguesa e Especialização em Tecnologias na Educação
  • Estudante finalista: Bibiana Palatino Brum

Professora da rede pública estadual do Rio Grande do Sul há dezoito anos, Suely já atuou em turmas de EJA, ensino médio e no curso de formação de professores (Curso Normal).  Atualmente, leciona Língua Portuguesa e Literatura para turmas de segundo e terceiro ano do ensino médio.

“Inusitada” é o adjetivo utilizado por Suely para descrever a experiência com o Projeto Jovem Senador: “a escola fez a divulgação do projeto, disponibilizando o material para os professores e fixando cartazes em diversos murais(...) já com os prazos quase expirando, uma aluna – a Bibiana - me procurou, manifestando o desejo de enviar uma redação para o concurso. Aceitei o desafio e, junto com ela, comecei a me apropriar do tema. Ela leu, refletiu, escreveu, reescreveu... Nós conversamos, refletimos, debatemos, revisamos o texto. O restante da história vocês sabem: enviamos o texto e... temos a Jovem Senadora, representante do Rio Grande do Sul!”

Em sala de aula, a professora trabalhou o texto dissertativo-argumentativo, além de promover debates entre os alunos.

Sobre a aluna finalista e a motivação da escola, relata com orgulho e alegria: “tenho certeza que, nas próximas edições do projeto, professores e alunos vão se envolver com alegria. A participação da Bibiana, uma iniciativa individual, vai se multiplicar entre as turmas. O recado foi dado por nossa Jovem Senadora: é possível!”

Uma mensagem para seus alunos

“É preciso ter esperança, mas ter esperança do verbo esperançar, porque tem gente que tem esperança do verbo esperar. E esperança do verbo esperar não é esperança, é espera. Esperançar é se levantar, esperançar é ir atrás, esperançar é construir, esperançar é não desistir! Esperançar é levar adiante, esperançar é juntar-se com outros para fazer de outro modo.”

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11