Sarney é reeleito presidente do Senado

Com 70 votos, o senador José Sarney (PMDB-AP) conquistou o direito de exercer pela quarta vez a presidência do Senado. Sarney disputou o cargo com o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) que iniciava seu primeiro mandato e obteve oito votos. Veja o vídeo da TV Senado e leia abaixo a matéria original publicada na Agência Senado.

O senador José Sarney (PMDB-AP) exercerá o seu quarto mandato à frente da Casa. Com 70 votos, ele foi reeleito, nesta terça-feira (1º), presidente do Senado Federal pelos próximos dois anos. Aos 80 anos, ele disputou o cargo com o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), de apenas 38 anos, que exerce seu primeiro mandato e obteve oito votos.

Houve ainda dois votos em branco e um nulo. A eleição, presidida pelo senador João Vicente Claudino (PTB-PI), ocorreu cerca de uma hora após a cerimônia de posse dos novos senadores eleitos em 2010.

O nome de Sarney foi apresentado, durante a segunda reunião preparatória, pelo líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL). O presidente reeleito preferiu não fazer uso da palavra para defender a sua plataforma perante os senadores, uma vez que, como ressaltou Renan, havia sido celebrado um grande acordo para a escolha do novo presidente. Já o candidato do PSOL apresentou propostas, como a realização de uma auditoria nas contas do Senado e mais independência em relação ao Poder Executivo.

Pela manhã, ao chegar ao Congresso Nacional, Sarney anunciou que sua prioridade, caso viesse a ser reeleito, seria a realização de uma reforma política. Com base em sua experiência, ele alertou para a necessidade de se promovê-la logo no início da nova legislatura. O senador anunciou, ainda, a intenção de concluir a reforma administrativa da Casa, iniciada em 2009. Ele prometeu empenhar-se para fazer desta a sua melhor administração do Senado.

Vou me esforçar para fazer a melhor administração que já fiz, até porque será a última - afirmou Sarney.

Marcos Magalhães / Agência Senado
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Opções: Download