Ir para conteúdo principal

Senado Notícias

Disseminação de notícias falsas na internet coloca vidas em risco, apontam debatedores

07/11/2019, 11h27

A CPI das Fake News ouviu nesta quarta-feira (06) representantes de portais que checam a veracidade de histórias que circulam em redes sociais, como Whatsapp e Facebook. Eles citaram exemplos de notícias falsas e apontaram as principais características dessas publicações. As fake news, segundo os especialistas, não se resumem à política, mas a áreas como a saúde e acusações de crimes, com riscos à vida das pessoas. O senador Humberto Costa (PT-PE) afirmou que é preciso barrar pessoas de disseminarem informações falsas, caluniosas, difamatórias e injuriosas, buscando uma forma de fazer isso sem cercear a liberdade de informação. O presidente da CPI, senador Angelo Coronel (PSD-BA), afirmou que um delegado da Polícia Federal irá apoiar os trabalhos da comissão, cujos trabalhos devem ir até 13 de fevereiro, com possibilidade de prorrogação. Veja mais na reportagem da TV Senado.

Últimos vídeos



Mais vistos




Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11