'O Parlamento brasileiro respeita a legislação ambiental', diz Davi na COP-25

Da Redação | 08/12/2019, 13h26

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, reuniu-se neste sábado (7) com representantes de organizações não governamentais (ONGs) brasileiras para tratar sobre as políticas ambientais em vigor no país. Uma comitiva de senadores está em Madri, na Espanha, representando o Legislativo na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-25).

— Nossa tese é proteger o Brasil, as comunidades tradicionais, respeitar a legislação que existe hoje de proteção ao meio ambiente, porque estamos promovendo o bem-estar da humanidade, não só do Brasil. A tese da maioria do Parlamento é fazer as coisas respeitando a legislação — afirmou Davi.

Ele disse que o debate sobre as políticas ambientais no Senado e na Câmara acontece em sintonia com a preservação das riquezas naturais e é pautado pela conciliação.

— O Parlamento brasileiro não vai, em hipótese alguma, em nenhum momento, sob a nossa liderança, se curvar a uma decisão unilateral do governo federal.

Nos últimos dez anos, apenas no Senado, foram aprovados mais de 65 projetos e propostas na área.

A COP-25 acontece até 13 de dezembro na capital espanhola e tem como objetivo debater as mudanças no clima e ações para a redução dos gases do efeito estufa no planeta.

— Este é um encontro que trata das futuras gerações, mas que a partir da nossa geração, garante a existência das próximas — acrescentou Davi.

O presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado (CMA), Fabiano Contarato (Rede-ES), e os senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Eliziane Gama (Cidadania-MA) e Luiz Pastore (MDB-ES) também participaram do encontro ao lado de ativistas ambientais do Greenpeace, Instituto Clima e Sociedade, Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social e Observatório do Clima.

Neste domingo (8), a comitiva de senadores brasileiros se reúne com o Green Climate Funds (GCF) e com os governadores do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal.

É o segundo encontro sobre o clima do qual Davi Alcolumbre participa. Em 2017, representou o Senado na COP 23, em Bonn, na Alemanha. Na época, Davi era presidente da CMA.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
12h01 Capital do surfe: O município de Saquarema (RJ) pode receber o título de Capital Nacional do Surfe. O PL 2.173/2019 foi aprovado na Comissão de Educação e segue para o Plenário.
11h49 Cinema independente: A Comissão de Educação aprovou projeto que estende até 2024 incentivos fiscais para produções audiovisuais independentes. O PL 5.231/2019 segue para análise terminativa da CAE.
11h35 Alienação Parental: Comissão de Direitos Humanos aprova o Projeto de Lei do Senado 498/2018 que revoga a Lei de Alienação Parental (Lei 12.318, de 2010). Matéria segue para a CCJ.
Ver todas ›