Randolfe Rodrigues manifesta apoio às mobilizações em favor da educação

Da Redação | 15/05/2019, 19h37

Em pronunciamento nesta quarta-feira (15), o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) destacou as mobilizações em favor da educação no brasil, realizadas em 173 cidades do país, e manifestou apoio a luta de estudantes contrários ao corte de verbas no setor.

Ao avaliar as manifestações, o senador disse que ninguém provocou tanto aqueles que estão envolvidos com a educação quanto o governo atual.

— Nunca os estudantes e professores foram tão aviltados, achincalhados pelo governo Jair Bolsonaro. É uma crescente de besteiras sendo ditas pelo ministro da Educação e pelo presidente da República — afirmou.

O senador afirmou que o próprio governo alimentou as manifestações, a partir de “declarações trágicas uma atrás da outra”.

— O governo empurra ele próprio, e o Brasil junto, em uma crise sem precedentes. O governo não tem coordenação política. São mais de 13 milhões de desempregados — afirmou.

Em seu discurso, Randolfe Rodrigues defendeu que o Senado não vote nenhuma matéria a partir da semana que vem, enquanto não houver reposição dos recursos contingenciados da educação.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
10h02 Moro na CCJ : Os senadores começaram neste momento suas perguntas ao ministro Sérgio Moro. O primeiro a perguntar é o senador Weverton (PDT-MA), que criticou a postura do ministro e perguntou se ele não deveria se afastar do cargo.
09h52 Moro na CCJ: O ministro Sérgio Moro encerrou sua fala inicial. Ele disse ter havido uma invasão criminosa por grupo organizado com objetivo de invalidar condenações ou mesmo atrapalhar investigações em andamento ou atacar instituições.
09h19 Sergio Moro na CCJ : A presidente da CCJ, senadora Simone Tebet (MDB-MS), acaba de abrir a audiência com o ministro da Justiça, Sérgio Moro. O ex-juiz da Lava Jato terá 30 minutos iniciais para explicar suas conversas com Deltan Dallagnol.
Ver todas ›