Lasier Martins pede resolução de impasse na importação de camarões do Equador

Da Redação | 13/12/2018, 11h30

O senador Lasier Martins (PSD-RS) foi à tribuna do Senado Federal, nesta quinta-feira (13), para solicitar a retomada da importação de camarões vindos do Equador, visando reduzir o impacto financeiro causado pela barreira de importação e restabelecer a boa relação diplomática e econômica com o país vizinho.

De acordo com o senador, produtores de camarão do Maranhão entraram na justiça alegando que o marisco equatoriano precisa ser objeto de uma análise de risco para ser importado. Devido ao ingresso judicial, encabeçado pela procuradoria maranhense, houve um despacho, em julho deste ano, da então presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, proibindo a importação de camarões do Equador sem essa análise.

Lasier informou que o país vizinho, como forma de retaliação, suspendeu a importação de calçados do Brasil, gerando prejuízo de cerca de US$ 20 milhões ao Rio Grande do Sul, estado que mais exporta calçados para o Equador, cerca de 90%.

Segundo Lasier Martins, o ministro da Agricultura Blairo Maggi encaminhou parecer para a Secretaria da Pesca, órgão competente, alegando que o camarão equatoriano não possui nenhum problema, entretanto a peça encaminhada pelo ministério não surtiu efeito.

- Eu estou vindo à tribuna para pedir publicamente aquilo que estamos pedindo há dois meses: que a Secretaria da Pesca tome uma atitude e encaminhe para a Advocacia Geral da União (AGU), que por sua vez mandará ao STF, mostrando que não há mal nenhum em importar camarões do Equador. Essa peça é indispensável, entretanto, se atrasa inexplicavelmente - pontuou o senador Lasier Martins.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)