Eunício defende entendimento e participa de reunião no Planalto

Da Redação | 24/05/2018, 20h23 - ATUALIZADO EM 25/05/2018, 11h13

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, afirmou que buscará o entendimento com relação à crise de abastecimento enfrentada pelo país. Ele suspendeu a reunião de líderes que convocou para a noite desta quinta-feira (24) e seguiu para o Palácio do Planalto para participar de encontro entre o governo federal e representantes dos caminhoneiros. Eunício afirmou que pode votar o projeto que isenta o óleo diesel das alíquotas do PIS e da Cofins até 31 de dezembro de 2018, aprovado na noite de quarta-feira pela Câmara, se for essa condição para o Brasil ter tranquilidade.

— Temos de buscar um entendimento, não no projeto em si, mas em relação à grave crise que todos nós estamos presenciando neste momento na rede de abastecimento de combustíveis. Não estou preocupado com o projeto, de que forma vai ser votado, hoje ou amanhã. Estou preocupado com o entendimento para o país voltar à normalidade — declarou.

Eunício disse ainda que, se houver acordo de líderes, as seis medidas provisórias que trancam a pauta do Plenário podem ser votadas em bloco para agilizar a votação do projeto dos combustíveis.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)