Senado aprova Sérgio Amaral para Embaixada do Brasil nos Estados Unidos

Da Redação | 16/08/2016, 17h57 - ATUALIZADO EM 16/08/2016, 21h04

O Plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (16) a indicação, pela Presidência da República, de Sérgio Silva do Amaral para o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Foram 36 votos a favor e 9 contrários. A indicação já havia sido aprovada na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), no último dia 11 de agosto.

Durante a sabatina na CRE, Sérgio Amaral comentou a possibilidade de o empresário Donald Trump ser eleito presidente dos Estados Unidos. Para Amaral, o crescimento de Trump, que venceu as prévias do Partido Republicano numa disputa contra diversos nomes tradicionais da legenda, é fruto de um "mal-estar" que tomou conta de parte da opinião pública norte-americana, fruto do aumento da desigualdade social provocado, entre outros fenômenos, pelo processo de globalização.

Sérgio Amaral nasceu em São Paulo (SP), em 1944. É graduado em Direito e Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo e em Ciência Política pela Universidade de Paris I (Pantheon-Sorbonne). Amaral entrou para a carreira diplomática em 1971, foi porta-voz da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, de 1995 a 1999, e ministro do Desenvolvimento, da Indústria e do Comércio Exterior, de 2001 a 2002, no segundo governo de Fernando Henrique Cardoso.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)