A ordem é prevenir

Da Redação | 29/06/2009, 00h00 - ATUALIZADO EM 28/02/2019, 23h10

O ministro José Gomes Temporão ressaltou que não há proibição de viagens para países afetados pela gripe suína e a recomendação é uma medida adicional e preventiva, já que a maioria das ocorrências no Brasil teve origem em pessoas infectadas vindas do exterior e não na transmissão da doença dentro do país.


Essa foi a razão de a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ter aumentado o nível de alerta em todos os portos e aeroportos, com o objetivo de detectar, diagnosticar e tratar casos suspeitos.

A Anvisa tornou obrigatório o preenchimento da Declaração de Saúde do Viajante para monitorar todos os passageiros do Mercosul que chegam ao país, com a distribuição de formulários nos portos, aeroportos e nas áreas de fronteiras. Além disso, as companhias aéreas serão obrigadas a fornecer a lista de passageiros junto com a Declaração Geral da Aeronave no momento da chegada do avião.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)