Senadores criticam veto à destinação de verba para combate à pandemia

05/06/2020, 08h58

O Poder Executivo propôs, por meio de medida provisória (MP 909/2019), usar os R$ 8,6 bilhões do Fundo de Reserva Monetária para pagamento da dívida pública. O Congresso aprovou emenda destinando o dinheiro para ações de combate à covid-19 nos estados, Distrito Federal e municípios. Esse trecho, no entanto, foi vetado (VET 19/2020) pelo presidente Jair Bolsonaro ao sancionar a Lei Complementar 173, de 2020. Os senadores Jean Paul Prates e Eliziane Gama criticaram o veto. A reportagem é de Roberto Fragoso, da Rádio Senado. Ouça o áudio com mais informações.



Opções: Download


Senado Agora
20h27 Homenagem: Aprovado requerimento (RQS 731/2020) para realização de sessão especial em comemoração ao centenário de Nilo Coelho, ex-senador por Pernambuco. Evento deve ocorrer em novembro.
20h23 BRICS: Senadores aprovam criação de escritório regional do Novo Banco de Desenvolvimento na cidade de São Paulo (PDL 657/2019). O texto vai a promulgação.
20h19 Crédito para microempresas: O Senado aprovou por unanimidade o PLP 9/2020, que facilita renegociação de dívidas de pequenas e microempresas. Para entrar em vigor, texto deve ser sancionado pela Presidência da República.
Ver todas ›