Contribuinte na malha fina poderá apresentar documentação à Receita antes de ser intimado

29/06/2018, 08h24 - ATUALIZADO EM 29/06/2018, 12h09

Um projeto de Lei do Senado (PLS 354/2017) pode garantir ao contribuinte retido na malha fina do Imposto de Renda o direito de apresentar documentação que comprove a regularidade das informações a qualquer momento, de forma prioritária, sem aguardar a intimação da Receita Federal. Segundo o autor da proposta, senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), a demora da Receita para verificar se o contribuinte realizou, de forma correta, todas as etapas para declarar o imposto prejudica o cidadão, já que ele não pode contar com o dinheiro da restituição. A proposta foi aprovada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), em decisão terminativa. Se não for apresentado recurso até esta sexta-feira (29) para votação pelo Plenário, o projeto de lei será enviado à Câmara dos Deputados. Mais informações com a repórter Laísa Lopes, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
20h30 Médicos: O Plenário do Senado aprovou requerimento para a realização de sessão especial no próximo dia 26, com objetivo de celebrar o Dia do Médico comemorado em 18 de outubro.
20h18 Crédito para micros e pequenas empresas: Senado aprovou contratação de empréstimo junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no valor de US$ 750 milhões para iniciativas inovadoras de acesso ao crédito. O PRS 48/2020 vai à promulgação.
19h39 ANA: O nome de Vitor Eduardo de Almeida Saback foi aprovado por 39 votos a 5 pelo Senado para o cargo de diretor da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA). A mensagem (MSF 67/2020) segue para promulgação.
Ver todas ›