CAS aprova projeto que dá aos pais direito de levar filho ao médico sem desconto no salário

14/03/2018, 13h59 - ATUALIZADO EM 14/03/2018, 16h29

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado (CAS) aprovou projeto (PLS 92/2017) da senadora Rose de Freitas (PMDB-ES) que altera a CLT para permitir que pais, mães e responsáveis que trabalham na iniciativa privada se ausentem do serviço por dois dias a cada seis meses para acompanhar o filho menor de 18 anos em consultas médicas. A atual legislação autoriza apenas uma falta por ano, e limita a permissão para acompanhar filhos de até seis anos de idade. O relator, senador Paulo Paim (PT-RS), lembra que o benefício já existe no Serviço Público. A reportagem é de George Cardim, da Rádio Senado. Ouça o áudio.



Opções: Download