CAS aprova regulamentação da profissão de cuidador

07/02/2018, 13h41 - ATUALIZADO EM 07/02/2018, 16h23

A profissão de Cuidador de Idosos, Crianças, Pessoa com Deficiência e Doenças Raras pode ser regulamentada. A proposta (PLC 11/2016), aprovada nesta quarta-feira (7) pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS), busca criar empregos e garantir os direitos trabalhistas da categoria. O relatório do senador Elmano Férrer (PMDB-PI), estabelece que a atividade deve ser exercida por diplomados no ensino fundamental, com curso de qualificação na área, além de idade mínima de 18 anos, bons antecedentes criminais e atestados de aptidão física e mental. Entre as atribuições, o cuidador deve buscar a autonomia e a independência e zelar pelo bem-estar, saúde, alimentação, higiene pessoal e recreação da pessoa que acompanha e dá assistência. O projeto segue para votação do Plenário do Senado. Ouça os detalhes no áudio do repórter da Rádio Senado George Cardim.



Opções: Download