CCJ pode votar proposta que proíbe o aborto em qualquer situação

20/11/2017, 18h44 - ATUALIZADO EM 20/11/2017, 19h00

A proposta que proíbe o aborto em qualquer circunstância (PEC 29/2015) pode ser votada na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado (CCJ). Atualmente, a interrupção da gravidez só pode ser feita pelo SUS, nas 12 primeiras semanas de gravidez, quando a mulher é vítima de violência sexual, se há risco de vida da mãe ou o se bebê não tem cérebro. O texto é polêmico e divide a opinião de parlamentares e ativistas ligados ao tema. Ouça os detalhes no áudio do repórter da Rádio Senado, George Cardim.



Opções: Download


Senado Agora
22h00 Repressão às drogas: O Senado aprovou o PL 2.114/2019, que estabelece normas para repressão à produção não autorizada e ao tráfico ilícito de drogas. O projeto volta à Câmara dos Deputados.
21h58 Biênio da Primeira Infância: O Senado aprovou o PL 2.721/2019, que institui o Biênio da Primeira Infância do Brasil no período de 2020-2021. A proposta segue para sanção presidencial.
21h54 Identidade do autista: O Plenário aprovou o PL 2.573/2019, que institui a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista, de expedição gratuita. Proposta vai à sanção.
Ver todas ›