Senado aprova alterações na Lei Maria da Penha

10/10/2017, 20h53 - ATUALIZADO EM 11/10/2017, 11h52

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (10), novas regras para a Lei Maria da Penha.  O PLC 07/2016, de autoria do deputado federal Sergio Vidigal (PDT-ES), estabelece que mulheres em situação de violência doméstica e familiar deverão ter atendimento policial e pericial especializado e ininterrupto, além de ser prestado preferencialmente por servidoras. A senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) destacou que é necessário aprimorar a legislação, que completou 11 anos, e lembrou os dados de violência. A cada 7,2 segundos uma mulher é vítima de violência no Brasil. A senadora Simone Tebet (PMDB-MS) lembrou que a aprovação da proposta é um marco importante para o combate à violência. A reportagem é de Gustavo Azevedo, da Rádio Senado.



Opções: Download