Romário denuncia falta de remédio para esclerose lateral amiotrófica

23/02/2017, 14h00 - ATUALIZADO EM 23/02/2017, 14h15

Estão faltando remédios para pacientes de esclerose lateral amiotrófica nos centros públicos de distribuição, segundo alertou o senador Romário (PSB–RJ). Ele pediu explicações às secretarias de Saúde dos estados onde falta o remédio.

Segundo o senador Flexa Ribeiro (PSDB–PA), entrar na Justiça tem sido o caminho encontrado pelas pessoas para a garantia do remédio.

O senador Ivo Cassol (PP–RO) apresentou projeto que autoriza a compra de remédios diretamente dos laboratórios. A proposta (PLS 171/2012) está na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) desde 2012 e elimina intermediadores, que lucram com a cadeia farmacêutica até a aquisição dos medicamentos pelo Estado.

Para alertar a sociedade, o senador Romário apresentou projeto (PLS 682/2015 ) que cria o Dia Nacional da Luta contra a Esclerose Lateral Amiotrófica, a ser celebrado em 21 de junho.

Mais informações com a repórter Iara Farias Borges, da Rádio Senado.



Opções: Download