Adolescência e o despertar para o exercício da cidadania


Pedro Henrique de Araujo Silva

Pedro Henrique de Araujo Silva
  • Colocação no concurso: 1º colocado nacional
  • Colocação no estado: 1º colocado estadual
  • Ano de participação: 2019
  • Escola: Escola Estadual Professora Edite Machado
  • Cidade: Capela - AL
  • Professor(a): Maria Cremilda da Silva Melo
  • Cargo na Mesa Diretora: 2º Secretário

Entrevista

Pergunta - Já escolheu em que área quer estudar / trabalhar? Tem algum projeto profissional em vista?

Resposta – Meu grande sonho é cursar Engenharia Civil e abrir uma construtora, quero ser meu próprio chefe.

P - Você participa de alguma ação social em sua comunidade? Conte para a gente!

R – Participo voluntariamente da Escola Bíblica de Férias, projeto de minha igreja. Ensino assuntos relacionados à Bíblia, de forma lúdica, para as crianças da comunidade.

P - Você já participou de projetos de educação para cidadania? Quais?

R – Sim, participei do projeto integrador “O descarte inadequado do lixo no entorno da escola”.

P - Você atua e/ou pretende atuar na política com mandato eletivo? É filiado a algum partido político?

R – Ainda não havia refletido sobre essa possibilidade, mas creio que a participação no projeto Jovem Senador contribuirá efetivamente para despertar o meu interesse por esse tipo de participação política. Ainda não sou filiado a nenhum partido.

P - Como você acha que deve ser a participação política dos jovens em sociedade?

R – O jovem deve acompanhar e manter-se sempre informados acerca dos assuntos relacionados à política e, sobretudo, tentar transformar a realidade de sua comunidade e de seu país através de um posicionamento ativo frente às decisões políticas.  

P - Você conhece alguém que seja inspirador? Por quê?

R – Os meus pais, pois, apesar dos problemas e das grandes dificuldades, nunca se abalaram e nunca deixaram de me apoiar em relação à minha vida escolar e pessoal.  Também admiro muito o arquiteto Oscar Niemeyer pelo grande talento e criatividade.

P - Qual o seu hobby?

R – Tocar violão e ler as escrituras sagradas.

P - Qual é o seu livro favorito?

R – “A Lista Negra”, de Jennifer Brown.

P - Qual o papel de sua família na sua formação?

R – O papel de minha família em minha formação é de suma importância, visto que meus pais sempre buscam me motivar e fazem muito esforço para me proporcionar um ambiente calmo, no qual eu possa estudar tranquilamente.

P - O que o motivou a participar do Jovem Senador 2019?

R – O que mais me motivou foi o desejo de vivenciar e conhecer detalhadamente a função de um senador, bem como a honra de representar o meu Estado em um projeto tão importante quanto este.

P - A redação foi uma atividade opcional ou inclusa em alguma disciplina de sua escola?

R – Foi uma atividade inclusa na disciplina de Língua Portuguesa. 

P - Alguém ajudou a motivá-lo para participar do Jovem Senador 2019?

R - Os maiores incentivadores foram a escola e os professores de Língua Portuguesa e Sociologia, pois houve a promoção de palestras e aulas organizadas especialmente com a finalidade de nos preparar e motivar a escrever o texto. Além disso, dois alunos de minha escola já venceram as edições anteriores e o Concurso de Redação Jovem Senador é muito disputado aqui.

P - Conte como foi a seleção para o Jovem Senador em sua escola.

R – Primeiramente, todos os alunos escreveram a redação e três de cada turma foram selecionados. Em seguida, o professor de português devolveu os textos e pediu para reescrevermos com base em suas observações. Depois de reescritas, todos os textos selecionados nessa etapa passaram por uma banca, a qual escolheu o meu. 

P - Como foi a repercussão em sua escola sobre a notícia de sua classificação para o Jovem Senador?

R – Todos ficaram eufóricos, surpresos e muito felizes diante dessa notícia maravilhosa. Assim que soube, fiquei atônito e, enquanto minha namorada chorava e me abraçava, eu tentava compreender a grandiosidade de tal feito.

P - Cite uma frase que você gosta.

“Eu olhei a tristeza nos olhos e sorri” (Thiago Arrais)

Escola Estadual Professora Edite Machado
Endereço:

Telefone:
(82) 32871358
Diretor:
Rosival Almeida Silva
Professor orientador:
Maria Cremilda da Silva Melo
Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11