Adolescência e o despertar para o exercício da cidadania


Cindyneia Ramos Cantanhede

 Cindyneia Ramos Cantanhede
  • Colocação no estado: 1ª colocada estadual
  • Ano de participação: 2015
  • Escola: Centro de Ensino Liceu Maranhense
  • Cidade: São Luís - MA
  • Professor(a): Suelen da Silva Maia
  • Cargo na Mesa Diretora:Presidente

Uma frase que gosta: “Não há nada mais relevante para a vida social que a formação do sentimento da justiça” - Rui Barbosa

A Jovem Senadora do Maranhão pretende estudar Direito e seguir a carreira de Juíza Federal. “Interesso-me especialmente pelo Direito da Criança e do Adolescente e gostaria de trabalhar em projetos sociais que objetivam combater o abuso sexual e o trabalho infantis. Em meu estado e em todo o território nacional são inúmeros casos, no entanto, o acompanhamento das vitimas e suas famílias ainda é escasso”.

Como alguém que já foi moradora da área rural, Cindyneia sabe das dificuldades de morar distante dos centros urbanos e com limitações de infraestrutura. “Meu maior sonho é trabalhar em projetos sociais que visam melhorar a educação pública brasileira, em especial nas zonas rurais. Durante a minha infância morei na zona rural da minha cidade e conheço as dificuldades nas escolas desse local. As pessoas costumam limitar os seus objetivos e ambições por conta de sua classe social, raça entre outros, talvez eu tivesse feito o mesmo caso não fosse parte de uma família que me incentiva e apoia incondicionalmente, e agora que tenho alcançado conquistas que pareciam impossíveis, quero dedicar a minha vida para incentivar e apoiar crianças e jovens a também alcançarem os seus sonhos através da educação”.

Atenta ao que acontece em sua comunidade e em seu país, a Jovem Senadora do Maranhão é voluntária em vários projetos sociais e está sempre participando de ações voltadas para a formação e educação de jovens e adolescentes. “Sou voluntária na Fundação Projeto Casa, na qual leciono inglês para crianças de comunidades carentes na minha cidade. Também atuo no Rotaract, clube jovem do Rotary Internacional, onde desenvolvo atividades com a comunidade tais como: doações de roupas e livros, atividades recreativas com crianças e idosos, ações solidárias com moradores de rua, entre outros. Além disso, trabalho como Secretária Geral no Grêmio Estudantil da minha escola que busca intermediar as relações entre corpo docente e discente e também proporcionar atividades extracurriculares aos alunos, tais como Show De Talentos, Gincana Solidária, Oficinas Gratuitas no ambiente escolar para a comunidade, entre outros”.

E se você achou pouco, Cindyneia ainda compõe a liderança do USBEA - Alumni Maranhão, uma iniciativa da Embaixada Americana que compreende todos os selecionados em programas educacionais da Embaixada e os incentiva a desenvolver atividades voluntárias na comunidade em que atuam. Para fechar a plena atuação, a Jovem Senadora maranhense conta também com o apoio do Governo do Estado do Maranhão para realizar palestras e conferências a estudantes do Ensino Médio, gratuitamente, em escolas locais e do interior do Estado.

Quando o assunto é política, Cindynéia pensa em como pode ajudar a construir uma sociedade melhor e, se tivesse oportunidade, gostaria de atuar como Ministra da Educação. “Considerando que a política trata de tudo o que concerne ao bem estar do cidadão, posso afirmar que através dos trabalhos voluntários que realizo, em especial das palestras para estudantes onde também falo sobre protagonismo juvenil, política e liderança, estou atuando na política, visto que tenho a oportunidade de incentivar outros jovens a compreenderem a política a partir de outras perspectivas. No entanto, ainda não sou filiada a partidos políticos, mas pretendo fazê-lo ainda esse ano, já que estou concluindo o Ensino Médio. No momento, estou analisando as ideologias e propostas dos partidos que atuam no meu estado, para assim fazer a melhor escolha”.

Segundo Cindyneia, os jovens devem ser incentivados a engajarem-se politicamente e os partidos deveriam oportunizar a candidatura deles. “Entendo que a juventude foi e é a responsável por movimentos de luta pela democracia que tem influência positiva na vida da população como um todo. Acredito que a política deve passar a ser compreendida de forma mais completa, e a escola, em conjunto com a família e as demais instituições sociais, deve orientar os jovens, direcioná-los a desenvolver o senso crítico e assumir seu papel como cidadãos. Dessa forma, a participação dos jovens será cada vez mais efetiva e eficaz”.

Como figura pública de destaque, a Jovem Senadora do Maranhão escolheu Rubem Alves, pela compreensão que ele passa sobre a educação e que a inspira em suas atividades – Cindyneia sempre usa em suas palestras um dos textos mais conhecidos do autor intitulado “Os ipês amarelos”. Em sua opinião o trecho “as pessoas são aquilo que elas amam” sempre a faz refletir sobre o seu papel como cidadã e como pessoa.

Em seu tempo livre, gosta de ler, cantar e escrever poesias. Também pratica basquete e participa do Projeto Esportivo de Basquete o Parque Municipal e em sua escola. Gosta de jogar xadrez e seu livro favorito do momento é “O caçador de Pipas”, de Khaled Hosseini. Quanto aos estilos musicais, prefere MPB, música clássica e Internacional.

Com uma família “incrível”, Cindyneia se diz apoiada e confiante. “Eu e minha família sempre compartilhamos os nossos sonhos uns com outros, e a minha classificação, foi uma vitória de todos, pois eles me incentivaram e acompanharam ao longo do processo”.

Falando de Jovem Senador

A participação no Jovem Senador nasceu do desejo de representar o seu Estado no Senado Federal, e a oportunidade de debater e propor leis que poderão ter influência positiva na vida população brasileira.

Com o apoio de sua professora, após ver o cartaz do Concurso na escola, Cindyneia dedicou-se a preparar seu melhor texto e acreditou que poderia alcançar a vaga do Estado do Maranhão. Quando o resultado foi divulgado, “eu não conseguia acreditar, vários alunos do estado, inclusive da minha escola, também estavam participando do concurso, e mesmo que eu estivesse sonhando com a classificação, foi uma grande surpresa. Continuo a me emocionar sempre que falo sobre o programa e a oportunidade que terei de representar o meu estado e atuar como senadora”.

Para os trabalhos em Brasília, a Jovem Senadora tem grandes expectativas. “Espero poder representar o meu estado, compartilhar conhecimento com os meus colegas jovens senadores, crescer acadêmico e profissionalmente, elaborar um projeto de lei que tenha aprovação e que possa beneficiar os cidadãos brasileiros. E quando retornar ao meu estado, incentivar e apoiar outros estudantes a participarem do programa”.

Centro de Ensino Liceu Maranhense
Endereço:

Supervisão de Políticas Educacionais para a Juventude - SUPEJUV
Rua Edmundo Calheiros nº5 , Quadra 45
Bairro São Francisco
São Luís - MA
CEP: 65.076-390

Telefone:
(98) 32688790
Diretor:
Deurivan Rodrigues Sampaio
Professor orientador:
Suelen da Silva Maia
Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11