Cidadão que acompanha o orçamento público dá valor ao Brasil


Flora Márcia de Lima Santos

Flora Márcia de Lima Santos
  • Ano de participação: 2014
  • Cidade: -
  • Escola: Escola Estadual Ana Lins
  • Formação: Letras Português e Literatura - Universidade Estadual de Alagoas
  • Estudante finalista: Taíse Lima dos Santos

Com quase vinte anos de magistério, a professora Flora Márcia começou no Ensino Fundamental, mas ao longo dos anos identificou-se com as turmas do Ensino Médio, com as quais trabalha atualmente pela manhã e à noite. Participa, ainda, na Escola Estadual Ana Lins, do Pacto de Formação para o Ensino Médio, iniciativa do Ministério da Educação.

 

Falando de Jovem Senador

Embora não tenha atuado em outras iniciativas como o Projeto Jovem Senador, conseguiu selecionar já na segunda participação a aluna Taíse Lima dos Santos, autora da redação “Viagem ao oceano do progresso”. Em sua opinião, trabalhar no Projeto foi “muito gratificante”. “É um reconhecimento da habilidade de escrita de uma jovem que, em meio a tanta tecnologia; reserva um espaço em sua vida para dedicar-se à leitura, algo tão incomum nos dias atuais”.

Com a seleção do texto, a professora Flora viu o esforço de sua aluna coroado. “Senti um reconhecimento do meu trabalho em sala de aula; sei que fiz a minha parte. Mas, o merecimento maior é para a Taíse que é uma garota muito especial... É a conquista da sua dedicação!”.

 

E os trabalhos de redação

Após a apresentação do tema “Se eu fosse Senador...” pela direção da escola, a professora Flora não teve dúvidas da capacidade dos seus alunos e ficou muito confiante no sucesso dos trabalhos.

Iniciou sua estratégia pedagógica apresentando a estrutura da dissertação e discutiu vários textos motivadores em sala de aula. As atividades foram articuladas de modo interdisciplinar e contou com a participação preciosa do professor de História Manoel Custódio da Silva, antenado e super animado com o Projeto Jovem Senador.

Perguntada se o projeto contribuiu para a formação dos seus alunos, a professora foi categórica: “Com certeza, por meio desse projeto os alunos tiveram mais informações acerca do Senado Federal, das atribuições de um Senador, incentivo à produção textual  e perceberam  que é essencial a participação dos jovens na busca por um país mais democrático”.

Segundo Flora, o passo a passo que deu certo para a mobilização dos alunos:

  1. Apresentar o concurso Jovem Senador.
  2. Mostrar a relevância do projeto em formar jovens leitores e escritores.
  3. Trabalhar a estrutura do texto dissertativo-argumentativo.
  4. Praticar a interdisciplinaridade.
  5. Explicar as figuras de linguagens, objetivando a importância desses recursos literários.
  6. Analisar as redações e formar uma banca de professores de Língua Portuguesa da escola para escolher as mais significativas.

 

Uma mensagem para seus alunos

“É possível tornar o conhecimento mais acessível e prazeroso. Só depende de vocês buscarem o sucesso tão desejado e querer ser um aluno de excelência”.

Endereço: Telefone:
(82) 991061347 - Celular
Diretor:
Charles Anderson Carmo Valençs
Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11