Cidadão que acompanha o orçamento público dá valor ao Brasil


Vera Maia Ramos dos Santos

Vera Maia Ramos dos Santos
  • Ano de participação: 2014
  • Cidade: Macapá - Ap
  • Escola: Escola Estadual Professor Gabriel Almeida Café
  • Formação: Licenciatura em Letras - Língua Portuguesa e Literatura. Graduanda no Curso de Pedagogia.
  • Estudante finalista: Lucas Rocha de Melo

Com apenas quatro anos de magistério, Vera Maia já lecionou em três escolas do Estado do Amapá e, além das disciplinas de Língua Portuguesa e Literatura, também é professora de Canto Coral.

Em uma dessas unidades de ensino, a Escola Bosque do Amapá – Módulo Regional do Arquipélago do Bailique, Vera ajudou a formar o grupo “Meninos de Ouro” e teve que deixar sua família na capital e ir morar na Vila Progresso – “morava em um quarto alugado e o percurso de onde morava para o meu trabalho era de 45 minutos para ir e 45 para voltar”.

No início, empreendendo um esforço fenomenal, Vera chegou a percorrer os 180 km que separam a escola da cidade de Macapá,16 horas viajando de barco (dependendo da velocidade e das condições do tempo). Modelo de educação ambiental, essa unidade escolar tem esse tema como eixo central de todas as atividades pedagógicas e tem por objetivo formar cidadãos críticos que possam propor soluções condizentes com a realidade local.

Entre outros projetos, também foi coordenadora do “ParalerePensar” e “Despertando o talento estudantil”. Nessa última iniciativa, parte integrante do Plano de Desenvolvimento Educacional - PDE, a meta é despertar o talento dos jovens da rede Pública e Privada, por meio das aulas com instrumentos de corda.

 

Falando de Jovem Senador

Para Vera, a experiência de participar do Jovem Senador foi inovadora e cheia de desafios, especialmente porque o assunto principal era Política. Segundo a professora, o Projeto foi “uma experiência com muitos resultados, pois, pude vivenciar muito mais esse mundo de projetos legislativos, no qual, já mudou e ainda mudará o rumo da história de muitos brasileiros, inclusive a minha, momentos como esse, Jovem Senador que pretendo vivenciar e poder contribuir para a melhoria da educação de meu Estado”.

Para discutir o tema “Se eu fosse Senador...”, os alunos fizeram inicialmente uma pesquisa e, posteriormente, foram divididos em três grupos para começarem as discussões. “No decorrer da aula, sugestões foram dadas para o melhor investimento dos recursos do FPE e assim nascer o subtema da redação – Os desafios da equiparação inter-regional no Brasil”. A partir daí, os estudantes iniciaram os debates orais e, logo em seguida, as redações.

Recebendo a notícia da classificação

Para a professora Vera, felicidade e orgulho marcaram o momento em que receberam a notícia de classificação para o Jovem Senador: “A sensação foi de muita felicidade e alegria e o de dever cumprido, e que o jovem, pode sim ser a esperança de uma educação melhor e por que não fazer a diferença em uma política educacional que resgata valores. Logo após, nos abraçamos, choramos, sorrimos, a turma toda vibrou com a notícia de que nós iríamos representar nosso Estado”.

Ao responder se o Projeto Jovem Senador contribuiu para a formação dos seus alunos, Vera é enfática: “Sim, pois, a partir desse tema e o resultado do nosso trabalho em sala de aula, os alunos interessaram-se mais pela pesquisa, leitura, escrita e pelos problemas que acontecem em nosso estado”.

Como sugestão para o Projeto, Vera defende a ideia de que os jovens senadores possam apresentar seus projetos e suas ideias junto às Câmaras Municipais de seus municípios, bem como na Assembleia Legislativa de seus respectivos Estados. Ela acredita que desse modo os alunos teriam um canal direto para apresentar suas ideias e poderiam ampliar sua formação política, tornando-se cidadãos mais críticos e participativos.

 

Uma mensagem para seus alunos

A professora Vera pede a seus alunos que “sejam e façam a diferença por onde passarem e guardem seus princípios e valores, pois o caráter de uma pessoa é que a difere das demais”.

Cheia de garra e determinação, Vera compartilha seu desejo de ver os alunos conquistando espaços e o êxito pessoal e profissional: “Que lutem com todas as suas forças por seus sonhos e foquem seus pensamentos em seus objetivos e metas a alcançar, sem desistir e muito menos retroceder, por que na vida sempre haverá percalços, obstáculos e desafios que deverão passar e que nem todos serão conquistados, mas que sempre terão experiências para contar e repassar a outras pessoas e que poderão ser a ponte para a realização de um sonho de alguém, assim como o Lucas está sendo em minha vida e aproveitar o ensejo e agradecer essas oportunidades a vocês que também estão fazendo parte das nossas”.

Endereço: Telefone:
(96) 981237252 - Celular
Diretor:
Ediléia da Conceição dos Passos Serique
Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11