Adolescência e o despertar para o exercício da cidadania


Release

Publicado o regulamento do Jovem Senador 2020

As regras do Jovem Senador deste ano já estão disponíveis no site do concurso. Entre as principais mudanças desta edição está a divulgação dos estudantes selecionados na etapa estadual. Agora, as secretarias de Educação poderão publicar os nomes dos três estudantes selecionados assim que tiverem o resultado da banca avaliadora. Não há nesta fase uma classificação dos candidatos. Nas edições anteriores do JS, essa divulgação só era feita na última etapa do concurso, após o resultado da comissão julgadora formada pelo Senado Federal. Com essa mudança, a organização espera promover ainda mais uma das fases mais relevantes do programa.

A seleção do Jovem Senador é feita em quatro etapas. Na primeira, cada escola escolhe a redação que irá representá-la. Em seguida, na segunda etapa, as secretarias de Educação dos Estados e do Distrito Federal selecionam três redações entre as escolas participantes. Finalmente, na etapa nacional, o concurso se divide em duas fases: na primeira, uma comissão julgadora seleciona as vinte e sete redações vencedoras estaduais e, na segunda fase, diferentes avaliadores classificam as três melhores redações entre as 27 vencedoras.

Os estudantes e professores que vencerem o Jovem Senador 2020 receberão, como prêmio, uma viagem de cinco dias para Brasília com tudo pago. Na capital federal, eles vivenciarão o processo de discussão e elaboração das leis do país em uma programação legislativa preparada pelo Senado Federal.

O tema deste ano no concurso é “Adolescência e o despertar para o exercício da cidadania”. As inscrições vão de 30 de março a 14 de agosto de 2020.


IMPRIMIR | E-MAIL Compartilhar: Facebook | Twitter | Google+ | Pinterest

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11