A Constituição Cidadã 30 anos depois


Release

Jovem Senador do Pará faz estágio na Índia

Vencedor do Jovem Senador 2016 pelo Estado do Pará, Ruan Magalhães Rodrigues estuda atualmente na Dartmouth College, em New Hampshire, nos Estados Unidos. Conquistou uma bolsa de estudos em processo de seleção daquela instituição logo após ter participado do Projeto, em Brasília.

Neste ano, como parte das atividades em sua universidade, Ruan foi escolhido com mais quatro estudantes para trabalhar durante algumas semanas na Comprehensive Rural Health Project - CRHP, uma ONG que atua na área da saúde global e desenvolvimento humano, na cidade de Jamkhed, Maharashtra, interior da Índia. A Instituição recebe pessoas do mundo inteiro durante todo o ano, desde alunos até pesquisadores.

No estágio, participou de vários workshops para conhecer as atividades da ONG que atua para a promoção do desenvolvimento sustentável das pequenas vilas e comunidades tribais da região e que não têm acesso garantido à saúde, educação e renda.

Tendo uma abordagem ampla e compreensiva, eles tentam enfrentar cada um desses problemas de forma sustentável. O CRHP existe há 45 anos. Hoje eles têm um hospital, uma pré-escola, uma biblioteca, dois campos de plantação orgânica, uma fazenda, entre outras instalações. São vários os programas destinados às crianças, mulheres grávidas, idosos, e outros grupos de risco – afirmou Ruan.

Durante o estágio, o Jovem Senador do Pará foi o único brasileiro presente e acredita que isso tenha contribuído para enxergar melhor a realidade da Índia, pois sua vivência no Brasil, aluno de escola pública, o aproximou daquelas comunidades carentes.

Apesar da Índia recentemente ter superado a própria China em crescimento econômico e de haver projeções de que ela pode se tornar a 2ª maior economia do mundo, a Índia ainda é um país em desenvolvimento, que luta com problemas e conflitos que o Brasil nem sequer sonharia. O conhecido sistema de castas, que se estende a mais de quatro mil anos, ainda permeia muito da sociedade indiana, perpetuando um nível de segregação social e econômica que é consideravelmente maior e mais grave do que o que o Brasil enfrenta com o racismo, por exemplo – declarou Ruan.

Ruan acredita que Índia e Brasil tem muito em comum e podem encontrar soluções e superar as dificuldades de forma conjunta. Para ele, esse processo vai além da cooperação diplomática, pode ser realizado por pessoas comuns, por jovens que, como ele, estão dispostos a enxergar a realidade de outros países.

Alguns dos problemas que debatemos a respeito, como falta de saneamento básico, evasão escolar, entre outros, se assemelham muito ao Brasil e à realidade a qual eu mesmo e minha família estamos acostumados. Isso foi muito importante durante as nossas discussões porque sempre que estávamos tratando de assuntos desse tipo, muito do que eu falava vinha da minha experiência própria, tendo crescido em um país em desenvolvimento também – relatou o Jovem Senador.

Pra mim foi uma experiência muito enriquecedora. Depois de passar um ano morando nos EUA, com um estilo de vida diferente do que o que eu tinha no Brasil, conhecer a Ásia, e especialmente a Índia, me fez lembrar muito do meu próprio país. Os indianos, assim como os brasileiros, têm uma cultura fortíssima, e eles amam sua cultura e fazem questão de perpetuá-la, transferindo costumes de geração em geração. A população da Índia, assim como a nossa também, poderia em muito se beneficiar de um governo que trabalhasse mais seriamente em assuntos como desigualdade racial, socioeconômica e de gênero, desnutrição, analfabetismo e proteção do meio ambiente – afirmou Ruan.

Ruan destaca, ainda, que a Índia é um país enorme e só conheceu um pequeno pedaço daquela imensa cultura, mas ficou encantado com o povo indiano e acredita que os jovens são aqueles que poderão fazer a mudança, em benefício dos mais carentes e das minorias.

 

SERVIÇO

IMPRIMIR | E-MAIL Compartilhar: Facebook | Twitter | Google+ | Pinterest

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11