Cidadão que acompanha o orçamento público dá valor ao Brasil


Externa

Jovem Senador por Alagoas destaca importância do Ensino Integral na escola pública para sua conquista

Agência Alagoas - Governo do Estado de Alagoas

O clima de festa toma conta da Escola Estadual de Ensino Integral Edite Machado, em Capela, desde segunda-feira (7). Pela terceira vez, a unidade teve um aluno seu vencendo a etapa estadual do Concurso de Redação Jovem Senador. No entanto, este ano, a comemoração tem um sabor ainda mais especial: a redação do estudante da 3a série do ensino médio Pedro Henrique de Araújo Silva não só venceu a fase alagoana do concurso, mas foi eleita a melhor do país. Pedro viajará para Brasília no final de novembro e, no período de 25 a 29 daquele mês, viverá a jornada de um senador por Alagoas no Congresso.

Participando deste projeto há sete anos, a escola já havia conquistado o primeiro lugar dentre as escolas alagoanas em 2015, com Arabela Melo Moreira Silva e, em 2017, com Jhonatan Marcone Silva de Deus. Agora, pela primeira vez, conquista o primeiro lugar nacional.

Orgulho - Emocionados, o gestor adjunto, Ernam Martins, e a professora de Língua Portuguesa e orientadora da redação vencedora, Cremilda Melo, falam da importância deste feito para a escola, que, há três anos, oferta o Ensino Integral. Atualmente, a unidade conta com quase 300 alunos distribuídos em nove turmas, sendo três para cada uma das séries do Ensino Médio.

“Estamos todos emocionados. O Pedro Henrique, que está conosco desde o primeiro ano de implantação do Ensino Integral, é um menino de família humilde, muito inteligente e carismático, merecedor desta conquista. Tenho certeza de que nossa escola, nossa cidade e nosso Estado estarão muito bem representados”, afirma o gestor.

Acompanhando a evolução do grande campeão, Cremilda afirma que a conquista retrata a qualidade e o quanto o ensino público tem avançado nos últimos anos em Alagoas.

“Assim que o estudante inicia o primeiro ano, já começamos a prepará-lo para o Enem e para concursos de redações, pois a escrita é extremamente importante para a entrada na universidade e para a vida profissional. No caso do concurso Jovem Senador, especificamente, os professores de Ciências Humanas auxiliam no estudo do tema. Além disso, a escola promoveu palestras acerca do orçamento público com especialistas no assunto e a coordenação instituiu também o Dia D do Jovem Senador. O projeto, sem dúvida, fomenta o interesse dos nossos jovens pela política, desenvolve uma consciência cidadã e contribuindo para um melhor desempenho no Enem”, pontua a docente.

O gerente da 4a Gerência Regional de Educação, Marcelo Christiano Carnaúba, celebra a conquista de Pedro. “Ter um aluno de nossa região em primeiro lugar em um concurso nacional, traz um sentimento de que o modelo de Educação implantado em nossas escolas está se efetivando no seu maior intuito, que é a aprendizagem. Quando fazemos Educação com responsabilidade, dedicação e, acima de tudo, vontade de fazer, isso reflete no aluno que busca sua identidade no mundo”, afirma Marcello.

Apoio da escola

Pedro Henrique de Araújo Silva obteve a melhor nota do país com uma redação que pontua os mistérios, os embates e desafios que envolvem o cidadão, os gestores e representantes políticos em torno do orçamento público. Ele fala do seu orgulho em ser aluno de escola pública e como esta tem sido importante na sua evolução.

“Ainda não caiu a ficha. Ter a melhor redação de Alagoas já foi algo incrível para mim, e, ao receber a notícia de que o meu texto tinha sido o melhor do país, paralisei. Foi um misto de felicidade, ansiedade, surpresa, tudo junto. Acredito que seja algo que vai mudar muito minha vida, vou ter uma experiência nova, algo que poucos conseguem ter. Vai ser um divisor de águas na minha vida”, avalia Pedro Henrique.

Ele fala da importância da escola na sua conquista. “Como aluno da Edite, afirmo que a escola me ajudou muito. Desde o primeiro ano, a professora Cremilda Melo traz os temas da redação do Jovem Senador. E, mesmo com nossa pouca experiência, ela sempre praticava, ajudando sempre cada aluno, aplicando mais ideias. E foi isto que me ajudou. A coordenação também trouxe palestrantes para explicar melhor o assunto”, destaca o aluno.

O estudante pontua os diferenciais da modalidade de ensino adotada pela escola. “O Ensino Integral também contribuiu muito. O fato de eu estar sempre na escola, que é minha segunda casa, motiva a gente para estudar mais. Aqui temos um ensino diferente e todas as aulas têm mais experiências, acho que isso contribuiu muito. Sempre estudei em escola pública e me orgulho disso, ela me deu todo o suporte”, garante o jovem senador, que já espera ansiosamente pela sua viagem.


IMPRIMIR | E-MAIL

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11