Nov
23
15h55
Pose Presidencial 2019

Acreditación de prensa para la pose presidencial 2019

Estimado(a) profesional de prensa,

El Senado Federal de Brasil realizará una acreditación específica para el acceso de periodistas, fotógrafos, camarógrafos y técnicos de comunicación al Palacio del Congreso Nacional para la cobertura de la posesión presidencial, que tendrá lugar el 1 de enero de 2019, a las 15h. Para ello, los vehículos de comunicación interesados deberán solicitar las credenciales hasta el día 18 de diciembre de 2018. Un sitio de internet fué creado especificamente para la acreditación, disponible en: http://www.senado.leg.br/senado/credenciamento-imprensa-posse-presidencial-2019.

Dadas las características de los espacios destinados a la prensa, habrá un número limitado de credenciales. Las empresas deben atentar para las reglas actualmente vigentes para el trabajo de cobertura periodística (Acto nº 11/2017).

Vale resaltar que las credenciales en vigor no serán válidas para el día de la toma de posesión. La acreditación específica para el trabajo en los Palacios del Planalto e Itamaraty debe ser solicitada directamente a aquellos órganos.

Para los profesionales ya acreditados en el Senado Federal, es necesario sólo el envío de correspondencia del vehículo de comunicación solicitando la acreditación especial al e-mail: imprensaposse2019@senado.leg.br.

Las empresas periodísticas cuyos profesionales no estén acreditados en el Senado Federal o estén registrados solamente en la Cámara de Diputados deben llenar y firmar el formulario de acreditación de prensa para la posesión presidencial 2019 a ser encaminado junto con el mismo, el formulario de cada profesional, acompañado de una foto 3x4 (a colores, de frente, con fondo blanco y resolución mínima de 300 DPI), y demás documentos comprobatorios. Ambos formularios están disponibles en el sitio de internet de la posesión presidencial.

En la solicitud, deberá ser informado el nombre del profesional a ser acreditado. También deberá constar el sector pretendido por el vehículo para ese profesional.

Los sectores disponibles para la cobertura de prensa son:

 

  1. Rampa y área externa de la Chapelaria (en escenario de lluvia) – color: azul (sólo fotógrafos y camarógrafos);
  2. Salón Blanco (área interna de la Chapelaria) – color: salmón;
  3. Salón Negro – color: negro;
  4. Salón Verde – color: verde;
  5. Entrepiso del pleno de la Cámara de Diputados – color: gris; y
  6. Galería del pleno de la Cámara de Diputados – color: naranja (sólo fotógrafos).

* Las reglas de acceso al plenario de la Cámara de Diputados serán informadas posteriormente a las empresas periodísticas, a partir del mapeamiento de los espacios.disponibles.

Los formularios de solicitud deben ser enviados conjuntamente al e-mail: imprensaposse2019@senado.leg.br.

El profesional debe estar atento al sector autorizado por la credencial. No se permitirá la circulación entre ellos. Cada credencial autoriza el acceso y la permanencia sólo en el sector determinado. En la posibilidad de inclusión de nuevos sectores de prensa, las empresas acreditadas serán debidamente informadas.

Habrá bloqueos de seguridad en todos los locales 30 minutos antes de la llegada de la comitiva presidencial al Palacio del Congreso Nacional, y la liberación sólo ocurrirá tras el ingreso de las autoridades en el Pleno de la Cámara de Diputados. También habrá interrupción de circulación en los espacios internos en la salida de la comitiva presidencial.

El uso de la credencial especial para la posesión es personal e intransferible. En el supuesto caso de cancelación, suspensión, revocación o sustitución de su titular, el vehículo de comunicación solicitante debe comunicar el hecho a la coordinación-general de la posesión y devolver inmediatamente la credencial.

Las credenciales serán entregadas en el período de 26 a 28 de diciembre de 2018, de las 9h a las 17h, en el la Policía del Senado Federal.

Para aclaraciones adicionales, envíe un mensaje a imprensaposse2019@senado.leg.br o llame al teléfono (+55 61) 3303-4996.

Atentamente,

Asesoría de Prensa

Senado Federal de la República Federativa del Brasil

Nov
23
15h55
Presidential Inauguration 2019

Press accreditation for the presidential inauguration 2019

Dear media professional,

The Federal Senate of Brazil will perform a specific accreditation of journalists, photographers, camera crews, and communication technicians to the Palace of the National Congress to cover the presidential inauguration. The ceremony will take place on January 1, 2019, at 3pm. To this end, the interested media companies must request the credentials until December 18, 2018. A hotsite has been created to help press professionals, available at: http://www.senado.leg.br/senado/credenciamento-imprensa-posse-presidencial-2019.

Given the characteristics of the spaces, there will be a limited number of credentials. News companies should be aware of current rules regarding press coverage in the National Congress (Act nº 11/2017).

It is worth mentioning that the current credentials will not be valid for the day of the inauguration. The specific accreditation to work at the Planalto Palace and Itamaraty Palace must be requested directly to those agencies.

For the professionals already accredited to work at the Federal Senate, it is only necessary that the media company sends a correspondence requesting the special accreditation to the e-mail: imprensaposse2019@senado.leg.br.

Journalistic companies whose professionals are not accredited by the Federal Senate or are registered only in the Chamber of Deputies must fill in and sign the press accreditation form for the 2019 presidential inauguration. Those forms must be sent together with the form of each professional, accompanied by a 3X4 photo (color, front-on, with a white background and minimum resolution of 300 DPI) and copies of the documents of the person to be accredited.

The intended sector for this professional must also be stated in the request.

The sectors available for press coverage are*:

  1. Ramp and outside area of the Chapelaria (underground entrance to the Congress building, in case of rain) – color: blue— (only photographers and camera crews);
  2. White Hall (internal area of the Chapelaria) – color: salmon;
  3. Black Hall – color: black;
  4. Green Hall – color: green;
  5. Mezzanine of the plenary of the Chamber of Deputies – color: grey; and
  6. Gallery of the plenary of the Chamber of Deputies – color: orange (photographers only).

* The access rules to the plenary of the Chamber of Deputies will be informed later to news companies, after the mapping of available spaces.

 

All forms must be sent to: imprensaposse2019@senado.leg.br.

Professionals must be attentive to the sector authorized by the credential. Circulation between the areas will not be allowed. Each credential authorizes access to and stay at the designated area only. Should new press sectors be included for the coverage, the journalistic companies will be duly informed.

There will be security locks in all places 30 minutes prior to the arrival of the presidential entourage to the National Congress Palace, and the withdrawal of those security barriers will only occur after the authorities have joined the Plenary of the Chamber of Deputies. The internal circulation will also be interrupted when the presidential entourage leaves the building.

The use of the special credential for the inauguration is personal and non-transferable. In the event of cancellation, suspension, revocation or substitution of its holder, the requesting journalistic company must communicate the fact to the Inauguration Coordination and return the credential immediately.

Credentials will be delivered between December 26 and 28 2018, from 9am to 5pm, at the Police Department of the Federal Senate.

For  further  details  about  the  accreditation  and  the  ceremony,  please  send  an  e-mail  to imprensaposse2019@senado.leg.br or call (+55 61) 3303-4996.

 

Sincerely,

Press Office

Federal Senate of the Federative Republic of Brazil

Nov
21
19h25
Posse Presidencial 2019

Credenciamento de imprensa para a posse presidencial

Caro(a) profissional de imprensa,

O Senado Federal realizará um credenciamento específico para o acesso de jornalistas, fotógrafos, cinegrafistas e técnicos de comunicação ao Palácio do Congresso Nacional para a cobertura da posse presidencial, que ocorrerá no dia 1º de janeiro de 2019, às 15h. Para tanto, os veículos de comunicação interessados deverão solicitar as credenciais até o dia 18 de dezembro de 2018. Um hotsite foi criado para auxiliar a imprensa, disponível no link: http://www.senado.leg.br/senado/credenciamento-imprensa-posse-presidencial-2019. Para a imprensa estrangeira, há versões do site em inglês e em espanhol.

Dadas as características dos espaços destinados à imprensa, haverá número limitado de credenciais. As empresas devem atentar para as regras atualmente em vigor para o trabalho de cobertura de imprensa (Ato da Comissão Diretora nº 11/2017).

Vale ressaltar que as atuais credenciais de imprensa não serão válidas para o dia da posse. O credenciamento específico para o trabalho nos Palácios do Planalto e Itamaraty deve ser solicitado diretamente àqueles órgãos.

Para os profissionais já credenciados no Senado Federal, é necessário apenas o envio de correspondência do veículo de comunicação solicitando o credenciamento especial para o e-mail: imprensaposse2019@senado.leg.br.

As empresas jornalísticas cujos profissionais não estejam credenciados no Senado Federal ou estejam registrados somente na Câmara dos Deputados devem preencher e assinar o formulário de credenciamento de imprensa para a posse presidencial 2019, a ser encaminhado juntamente com o formulário de cada profissional, acompanhado de uma foto 3x4 (colorida, de frente, com fundo branco e resolução mínima de 300 DPI) e documentos comprobatórios. Ambos os formulários estão disponíveis no site da posse.

Na solicitação, deverá constar o setor de imprensa pretendido pelo veículo para esse profissional.

Os setores disponíveis para a cobertura de imprensa são*:

  1. Rampa do Congresso Nacional e área externa da Chapelaria (em caso de chuva) – cor: azul (somente fotógrafos e cinegrafistas);
  2. Salão Branco (área interna da Chapelaria) – cor: salmão;
  3. Salão Negro – cor: preta;
  4. Salão Verde – cor: verde;
  5. Mezanino do plenário da Câmara dos Deputados – cor: cinza; e
  6. Galeria do plenário da Câmara dos Deputados – cor: laranja (somente fotógrafos).

* As regras de acesso ao plenário da Câmara dos deputados serão informadas posteriormente às empresas jornalísticas, a partir do mapeamento dos espaços disponíveis.

Após preenchidos, os formulários devem ser enviados em conjunto para o e-mail: imprensaposse2019@senado.leg.br.

O profissional deve estar atento ao setor autorizado pela credencial, pois não será permitida a circulação entre eles. Cada credencial autoriza o acesso e a permanência apenas no setor determinado. Na possibilidade de inclusão de novos setores de imprensa, as empresas jornalísticas serão devidamente informadas.

Haverá bloqueios de segurança em todos os locais, 30 minutos antes da chegada da comitiva presidencial ao Palácio do Congresso Nacional e a liberação só ocorrerá após o ingresso das autoridades no Plenário da Câmara dos Deputados. Também haverá interrupção de circulação nos espaços internos na saída da comitiva presidencial.

O uso da credencial especial para a posse é pessoal e intransferível. Na hipótese de cancelamento, suspensão, revogação ou substituição do seu titular, o veículo de comunicação solicitante deve comunicar o fato à coordenação-geral da posse e devolver imediatamente a credencial.

As credenciais serão entregues no período de 26 a 28 de dezembro de 2018, das 9h às 17h, na Polícia do Senado Federal.

Para esclarecimentos adicionais sobre o credenciamento e a cerimônia, envie mensagem para imprensaposse2019@senado.leg.br ou ligue para o telefone (+55 61) 3303-4996.

 

Atenciosamente,

Assessoria de Imprensa

Senado Federal

Nov
13
14h40
Nota de esclarecimento

Senado presta esclarecimentos à BBC Brasil sobre dados de usuários do e-Cidadania

A respeito de matéria publicada hoje (12), intitulada Enquetes do Senado batem recorde após eleições, mas têm pouco efeito prático no Congresso,  a Assessoria de Imprensa do Senado Federal esclarece o que segue:

A divulgação do nome e outras informações referentes à identificação do autor de ideia, comentário, opinião ou qualquer manifestação está prevista nos Termos de Uso do portal e -Cidadania, com o quais o cidadão concorda ao apresentar uma ideia legislativa ou apoiar uma já existente. Ressaltamos que o Programa armazena apenas nome, e-mail e UF do cidadão, não exigindo em nenhum momento número de qualquer documento pessoal.

A ferramenta “Consulta Pública” gera as enquetes sobre cada proposição em tramitação no Senado, e é a maior fonte de acessos ao Portal. No entanto, ao contrário do que afirma a referida matériaos cidadãos que votam nessas enquetes nunca têm os seus dados divulgados.

Isso tampouco ocorre com os e-mails dos cidadãos que enviam comentários e perguntas aos Eventos Interativos. Neste caso, apenas o nome e UF são divulgados, a fim de que os questionamentos sejam lidos e respondidos durante os eventos.

Porém, no caso das Ideias Legislativas, que são as manifestações enviadas pelos cidadãos para criação de novas leis, a sua conversão em Sugestão Legislativa a ser apreciada pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa, nos termos da Resolução nº 19/2015, demanda o apoio de 20.000 cidadãos. Desse modo, a divulgação dos nomes e e-mails dos apoiadores constitui o instrumento mínimo necessário para assegurar de forma idônea o cumprimento desse requisito.

Assim, alcançados os 20.000 apoios, os nomes e e-mails passam a tramitar com a matéria, dando transparência e comprovando o atingimento da quantidade necessária de apoios. A partir daí, é como se cada apoiador fosse também autor da ideia, pois sua tramitação só se torna possível com o apoio de cada um dos 20.000 participantes. Isso já acontece, por exemplo, quando um cidadão subscreve um projeto de lei de iniciativa popular. Embora esse instituto constitucional não se confunda com a ideia legislativa, as assinaturas e os dados dos cidadãos também passam a tramitar com a matéria e o acesso a esse conteúdo é público.

Como já detectamos tentativas de fraudes na utilização das ferramentas do portal por pessoas que, por exemplo, cadastraram e-mails temporários para fazer valer a quantidade de apoios necessários, a divulgação dos nomes e e-mails dos apoiadores constitui também uma forma de combater condutas como essa, para maior transparência e controle social. Entendemos que o anonimato dos apoiadores das ideias não é opção para o aumento da participação popular e fortalecimento da democracia.

Acrescentamos ainda que o Art. 3º da Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011, Lei de Acesso à Informação (LAI), impõe:

“Art. 3o  Os procedimentos previstos nesta Lei destinam-se a assegurar o direito fundamental de acesso à informação e devem ser executados em conformidade com os princípios básicos da administração pública e com as seguintes diretrizes:

I - observância da publicidade como preceito geral e do sigilo como exceção; (g.n.)

II - divulgação de informações de interesse público, independentemente de solicitações;

III - utilização de meios de comunicação viabilizados pela tecnologia da informação;

IV - fomento ao desenvolvimento da cultura de transparência na administração pública;

V - desenvolvimento do controle social da administração pública.”

 

Atenciosamente,

Assessoria de Imprensa

Senado Federal

 

Nov
03
12h10
Nota de esclarecimento

Desligamento da TV e da Rádio Senado neste sábado (3)

A Assessoria de Imprensa do Senado Federal informa que houve a necessidade de desligamento do sinal da TV e da Rádio Senado, neste sábado (3), entre 12h e 20h, devido a um curto circuito na entrada de energia elétrica do Anexo 2.

Ago
09
12h40
Nota de esclarecimento

Reforma do Plenário não altera pauta de votações

A partir do dia 13/08/2018, o Plenário do Senado passará por intervenção para substituição do sistema de áudio, conforme o Contrato 59/2018.

A obra não inviabilizará nenhuma sessão legislativa. O Presidente do Senado, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), destacou nesta quarta-feira que a obra está sendo feita dentro de uma programação que não paralisa o Congresso Nacional e não altera a pauta de votações.

Além de adaptar o auditório Petrônio Portella para a realização das sessões deliberativas, o Senado executou parte das obras durante o recesso parlamentar.  Todos os procedimentos necessários para a passagens dos dutos do novo sistema já foram efetuados.

O esforço concentrado acontecerá nos dias 28, 29 e 30 de agosto e entre os dias 11 e 13/09. A expectativa é que após o dia 7 de outubro a rotina da atividade legislativa seja normalizada.

Jun
05
18h05
Nota de esclarecimento

Abastecimento de combustível no Senado Federal

O posto do Senado Federal está fechado desde o mês de outubro de 2016. A partir dessa data, o abastecimento dos carros oficiais passou a ser responsabilidade das locadoras contratadas, em rede credenciada de postos no Distrito Federal.

Dez
22
13h46
Nota de esclarecimento

Senado não mudou forma de ocupação dos cargos comissionados

A respeito da nota “Ato de Eunício pode apinhar gabinetes do Senado”, publicada nesta sexta-feira (22/12), na Coluna Radar online, da Revista Veja, a Assessoria de Imprensa do Senado Federal esclarece:

O Presidente do Senado, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), não publicou qualquer ato alterando a forma de contratação de servidores comissionados. Também não houve mudança na divisão de tais cargos nos gabinetes dos senadores. A última alteração nessas normas foi realizada em 2016. Os gabinetes parlamentares, aí incluídos os escritórios de apoio nos estados, têm composição básica de doze servidores comissionados, assim distribuídos: cinco assessores técnicos (nível SF-02); seis secretários parlamentares (nível SF-01); e um motorista (nível remuneratório equivalente a AP-04). Esses cargos, à exceção do de motorista, podem ser fracionados em até 50 cargos, desde que a soma das remunerações dos cargos derivados não exceda a 100% da remuneração do cargo de origem.

 

Out
09
22h15
NOTA DE ESCLARECIMENTO

Crachás

Ago
01
19h31
NOTA DE ESCLARECIMENTO

Elevadores do Senado funcionam normalmente

A respeito da nota “Elevador despenca no Senado”, publicada nesta terça-feira (01.08.2017) no site O Antagonista, esclarecemos:

Todos os elevadores do Senado Federal funcionaram normalmente ao longo do dia de hoje (1º/8) e continuam em operação regular.

Assessoria de Imprensa do Senado Federal