Com votação presencial e por meio de cédulas em papel, os senadores devem escolher no dia 1º de fevereiro a nova Mesa do Senado. O esclarecimento foi feito pelo presidente Davi Alcolumbre por meio de nota. Para mais informações, leia também a matéria Senado elege nova Mesa no início de fevereiro, no Senado Notícias.

As credenciais atuais continuarão valendo enquanto durarem as medidas adotadas pela Presidência da Casa no combate à covid-19.

 

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, anunciou os senadores indicados para a comissão representativa do Congresso Nacional que atuará no período do recesso legislativo.  Saiba mais no Senado Notícias.

Glossário Legislativo

Habeas data

Instituído pela Constituição de 88, esse instrumento destina- se a garantir o direito de informações relativas à pessoa do interessado, mantidas em registros de entidades governamentais (mesmo extintas) ou banco de dados particulares que tenham caráter público.

Entenda o Assunto

Fator 85/95

O fator 85/95, ou Regra 85/95 Progressiva de acordo com a Lei 13.183/2015, foi a opção proposta pelo governo federal ao fator previdenciário. O novo fator garante aposentadoria integral para quem se enquadrar nas novas regras.

O trabalhador pode se aposentar recebendo integralmente se a soma de sua idade mais o tempo de contribuição para o INSS alcançar o número 85 para mulheres, e 95, para homens.

Por exemplo, uma mulher de 55 anos de idade, que já tenha contribuído por 30 anos, pode se aposentar, pois a soma dos dois valores dá 85. O mesmo pode ser dito para um homem de 60 anos de idade e 35 anos de contribuição, cuja soma é igual a 95.

O critério progressivo ajusta os pontos necessários para obter a aposentadoria de acordo com a expectativa de sobrevida dos brasileiros.

Até 30 de dezembro 2018, para se aposentar por tempo de contribuição, sem incidência do fator, o segurado terá de somar 85 pontos, se mulher, e 95 pontos, se homem. A partir de 31 de dezembro de 2018, para afastar o uso do fator previdenciário, a soma da idade e do tempo de contribuição terá de ser 86, se mulher, e 96, se homem. A lei limita esse escalonamento até 2026, quando a soma para as mulheres deverá ser de 90 pontos e para os homens, 100.

Fonte: INSS

Atualizado em 11 de janeiro de 2015

Pesquisa Rápida
Matérias Legislativas

Pesquisa em todas informações que aparecem na página da matéria, como ementa, apelido, tramitação, descrição dos arquivos anexados, etc.


Exemplos de busca: PLS 50/1990, crimes hediondos, "rol dos crimes hediondos"

Assine a newsletter da Agência Senado
As principais notícias do Senado em boletins diários e semanais.
Banner Combate à Covid