Ir para conteúdo principal

Senado Notícias

Para IFI, crise do coronavírus é profunda e recuperação será lenta

26/05/2020, 14h43

País enfrenta quadro fiscal mais desafiador de sua história e só vai começar a se recuperar dos impactos da pandemia do coronavírus em 2021. A avaliação é da Instituição Fiscal Independente (IFI), órgão do Senado que avalia a situação das contas públicas nacionais. Na segunda-feira (25), representantes da IFI participaram de reunião da comissão que acompanha as ações do governo federal de enfrentamento à covid-19. De acordo com a IFI, a dívida pública pode aumentar cerca de 10 pontos percentuais em relação ao Produto Interno Bruto (PIB). Já o deficit primário é estimado em R$ 711,4 bilhões para 2020. Ele cobrou "comando e controle" para enfrentar essa crise. Mais informações na reportagem da TV Senado.

Últimos vídeos



Mais vistos




Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11