CCJ aprova relatório sobre emendas de Plenário à reforma da Previdência

Da Redação | 01/10/2019, 13h44 - ATUALIZADO EM 01/10/2019, 14h15

Selo_ReformaPrevidencia2.jpgPor 17 votos a 9, os integrantes da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovaram, nesta terça-feira (1º), o relatório do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) às emendas apresentadas em Plenário para modificar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019, da reforma da Previdência. Das seis emendas destacadas para análise mais detalhada pelos integrantes da comissão apenas uma, de redação, foi aprovada.

Assim, a presidente da CCJ, senadora Simone Tebet (MDB-MS), encerrou a reunião. Pelo acordo firmado entre os líderes partidários, a expectativa agora é que a PEC 6/2019 siga para votação em primeiro turno em Plenário ainda na tarde desta terça-feira (1º).

O senador Paulo Paim (PT-RS) chegou a apresentar um voto em separado (relatório alternativo) com alterações mais significativas na PEC 6/2019, o que obrigaria o retorno da proposição à Câmara dos Deputados. No entanto, o voto em separado nem chegou a ser avaliado pelos parlamentares.

Veja a matéria consolidada

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
17h23 Pessoal para a Defensoria: Plenário aprovou PLV 23/2019, decorrente da Medida Provisória 888/2019, que dispõe sobre requisições de pessoal para a Defensoria Pública da União. Texto vai à sanção presidencial.
17h21 Prorrogação de contratos: Plenário aprovou Medida Provisória 887/2019, que autoriza a prorrogação de contratos por tempo determinado no âmbito do comando da Aeronáutica, do Ministério da Defesa
Ver todas ›