Criada Medalha João Calmon, para premiar escolas por desenvolvimento social

Da Redação | 10/10/2018, 17h58 - ATUALIZADO EM 11/10/2018, 16h33

O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (10) a criação da Medalha João Calmon, para homenagear escolas que se destaquem na promoção do desenvolvimento social. A homenagem foi criada pelo Projeto de Resolução do Senado (PRS) 11/2017, do senador Pedro Chaves (PRB-MS).

A Medalha João Calmon será concedida anualmente a cinco instituições públicas ou privadas de ensino básico que promovam ações para incentivar seus estudantes a atuarem no desenvolvimento social. Qualquer senador poderá indicar instituições ao prêmio e a escolha dos agraciados será feita por um conselho específico da Casa.

O patrono da medalha é o jornalista, empresário e ex-senador João de Medeiros Calmon (1916-1999). Ele exerceu três mandatos no Senado entre 1971 e 1994. Sua atuação política foi marcada pela aprovação, em 1983, de uma emenda à Constituição vigente à época que determinava a aplicação de um percentual mínimo das arrecadações federal, estadual e municipal na manutenção e no desenvolvimento do ensino. A iniciativa foi reproduzida na Constituição Federal de 1988.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)