Magno Malta presta homenagem a policial morto e defende redução de maioridade penal

Da Redação | 28/03/2018, 15h15 - ATUALIZADO EM 28/03/2018, 15h19

Ao prestar solidariedade à família do policial militar Afonso Miller, de 23 anos, que morreu nesta terça-feira (28), o senador Magno Malta (PR-ES) defendeu a redução da maioridade penal.

Miller foi baleado em um atentado no dia 20 de março em Vila Velha (ES). Dois menores foram apreendidos, suspeitos de terem atirado.

— De cada dez  assassinatos no Brasil, sete têm um homem travestido de criança. A redução da maioridade penal não trará o fim violência, mas é responsável por 50% disso — apontou.

Magno Malta também chamou a atenção para a denúncia do ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato na Corte, que revelou que ele e sua família têm recebido ameaças. Para o senador, a sociedade precisa reverberar o relato.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)