Senado cria comissão para avaliar isenção tributária oferecida pelo Paraguai

Da Redação | 08/02/2018, 13h59 - ATUALIZADO EM 08/02/2018, 14h08

O Plenário do Senado aprovou nesta quinta-feira (8) a formação de uma comissão externa para avaliar o sistema de isenção tributária adotado pelo Paraguai. O pedido para criar o grupo de trabalho partiu do senador Eduardo Braga (PMDB-AM), que chama atenção para o grande número de empresas brasileiras migrando para o país vizinho.

A intenção do senador é visitar a Zona Franca de Maquila, que tem atraído os empresários brasileiros com tributações mais baixas. Segundo ele, é um movimento que não vai atingir somente a Zona Franca de Manaus, mas outros estados, como Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul e até São Paulo.

- São grandes empresas que estão em um movimento coordenado, sistêmico e indo para uma zona de isenção fiscal que produz 100% para exportar para o mercado doméstico brasileiro - afirmou, ao pedir apoio para aprovação do requerimento.

O chamado regime de Maquila  foi criado por lei pelo governo paraguaio para incentivar a industrialização no país. A lei estabelece isenção de impostos para que as empresas importem máquinas e matérias-primas, desde que o produto final seja destinado à exportação. As exportações dessas empresas são taxadas com um único tributo de 1% sobre o valor agregado em território paraguaio quando a mercadoria sai do país.

A comissão externa terá seis integrantes e vai funcionar por seis meses. Os senadores pretender ainda realizar audiências e reuniões com organismos internacionais.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
18h07 Missão junto à União Europeia: Por 46 votos a favor e uma abstenção, o Plenário aprovou a indicação do diplomata Marcos Bezerra Galvão para a chefia da missão permanente do Brasil junto à União Europeia.
17h58 Desenvolvimento do Entorno: O Plenário aprovou o PLC 102/2015, que inclui 12 municípios na Região Integrada de Desenvolvimento (Ride) do Distrito Federal.
16h56 Intervenção no RJ: Comissão especial aprova relatório da deputada Laura Carneiro (DEM-RJ) para MP 826/2018, que criou o cargo de interventor e de 66 assessores para o gabinete de intervenção federal no Rio de Janeiro.
Ver todas ›