Telmário acusa governo federal de omissão ante a crise em Roraima

Da Redação e Da Rádio Senado | 07/02/2018, 17h40 - ATUALIZADO EM 07/02/2018, 21h52

O senador Telmário Mota (PTB-RR) acusou o governo federal de omissão diante da situação de colapso em seu estado, causada pela entrada em massa de refugiados da Venezuela. Telmário afirmou que quatro ministros que deverão ir à capital, Boa Vista , nesta quinta-feira (8), teriam se recusado a participar de encontro oficial com a governadora Suely Campos para debater a crise no estado.

O senador atribuiu o ocorrido a manobras políticas com vista às eleições estaduais deste ano, dificultando a busca de uma solução para Roraima. Telmário Mota avaliou a atitude dos ministros como exemplo do "Brasil que não queremos".

— Nós estamos insistindo muito que o governo federal cumpra com a sua parte, vá até Roraima e busque uma solução definitiva, porque o estado vive hoje à beira do colapso econômico e social, talvez uma crise sem precedentes na nossa história.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)