Humberto Costa critica indicação de Alexandre de Moraes para o STF

Da Redação | 07/02/2017, 18h58 - ATUALIZADO EM 08/02/2017, 15h40

Em pronunciamento nesta terça-feira (7), o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), protestou contra a indicação do ministro da Justiça Alexandre de Moraes ao Supremo Tribunal Federal (STF) para suceder Teori Zavascki.

— Não poderia ter sido uma escolha mais infeliz, uma escolha rejeitada por todo o Brasil, não só pela oposição, mas por muitos que apoiam o governo e apoiaram o golpe que levou esse grupo ao governo — disse.

O senador criticou a atuação do indicado pelo presidente Michel Temer no Ministério da Justiça, com a explosão da crise penitenciária, e também como secretário de Segurança de São Paulo. Para Humberto, trata-se de uma escolha político-partidária.

— Mais grave ainda é o fato de que no STF ele vai ajudar a decidir o futuro dos acusados pela Operação Lava Jato. Muitos desses terão sido seus colegas de governo, e muitos deles mergulhados nas acusações. Alexandre de Moraes passará por uma sabatina neste Congresso. [A indicação dele] Se confirmada, deporá contra o Senado e deporá contra o Supremo Tribunal Federal — afirmou.

Humberto Costa ainda prestou homenagem à ex-primeira-dama Marisa Letícia, falecida na semana passada. Ele exaltou a personalidade, a lealdade e a discrição dela, que teria sido vítima — junto com o marido Lula — de uma “covarde caçada política e midiática”.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)