Regulação de Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016 pode ser votada na quarta-feira

Da Redação | 28/03/2016, 17h26 - ATUALIZADO EM 28/03/2016, 17h49

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) pode votar, nesta quarta-feira (30), projeto de lei da Câmara (PLC 2/2016) que detalha – do ponto de vista legal – acordos firmados pelo Brasil para sediar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. A proposta recebeu parecer favorável do relator, senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), com apenas uma emenda de redação e tramita em regime de urgência no Senado.

“Para receber evento de tal magnitude, é necessário que o país-sede adeque seu ordenamento jurídico em diferentes vertentes. A proposição em análise cumpre tal função, dispondo sobre temas de relevo inerentes à organização de uma Olimpíada, como a proteção dos direitos comerciais, as regras para venda de ingressos e as condições de acesso e permanência em locais oficiais”, ressaltou Crivella no parecer.

As regras para venda de ingressos são um dos destaques do PLC 2/2016. Nesta seção, ficou estabelecido desconto de 50% nos ingressos para as categorias de menor preço comprados por estudantes residentes no país. Já os idosos acima de 60 anos e as pessoas com deficiência e seu acompanhante que também residam no país terão desconto de 50% nos ingressos para todas as categorias de preço.

O projeto obriga ainda as entidades organizadoras a disponibilizarem, respectivamente, 4% de assentos para pessoas com deficiência e 2% de assentos para pessoas com mobilidade reduzida – para todas as categorias de preço – em locais de boa visibilidade e com instalações adequadas. A medida tem a intenção de evitar áreas segregadas de público e obstrução das saídas nos locais das competições.

Crivella chamou atenção ainda para a similaridade entre o conteúdo do PLC 2/2016 e da Lei nº 12.663/2012, também conhecida como Lei Geral da Copa. Conforme sintetizou, “a proposição nada mais faz do que estabelecer condições comerciais, tributárias e administrativas necessárias para a realização de um evento único no mundo, tal como realizado na Copa do Mundo”.

O PLC 2/2016 deverá ser votado, essa semana, pela CCJ e pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE). Como já foi aprovado pela Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) na semana passada, estará pronto para ser levado ao Plenário do Senado.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)