Vanessa defende alteração na medida provisória do seguro-desemprego

Da Redação e Da Rádio Senado | 03/02/2015, 16h50 - ATUALIZADO EM 04/02/2015, 16h21

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) defendeu mudanças na medida provisória que torna mais rígidas as regras para a concessão do seguro-desemprego e do abono salarial (MP 665/2014). A senadora afirmou que seu partido já discutiu o texto e vai defender profundas alterações.

Para ela, como está, a medida diminui os direitos dos trabalhadores brasileiros. Vanessa explicou que, ao editar a proposta, o governo alegou que o número de fraudes contra o seguro é crescente e que o endurecimento das regras seria uma forma de coibir a prática. Mas, em sua opinião, é preciso encontrar outros mecanismos para mudar essa realidade.

— O problema do seguro-desemprego é de fraude, e não um problema de regra, não um problema de excesso de direitos; então é necessário que encontremos um mecanismo para que seja cessada a fraude e não diminuindo qualquer que seja o direito do trabalhador e da trabalhadora brasileira — acrescentou.

Vanessa Grazziotin lembrou o conteúdo da mensagem da presidente Dilma Roussef ao Legislativo, na abertura dos trabalhos de 2015. No texto, a presidente garantiu que os ajustes necessários para equilibrar as contas do governo não serão feitos à custa do desemprego, da retirada de direitos dos trabalhadores e da recessão.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)