Anibal Diniz responde a críticas de Sérgio Petecão ao governo do Acre

Da Redação | 29/09/2011, 19h01

O senador Anibal Diniz (PT-AC) contestou em Plenário nesta quinta-feira (29) críticas feitas pelo senador Sérgio Petecão (PMN-AC) ao governador do Acre, Tião Viana, do PT. Em pronunciamento no último dia 20, Petecão afirmou temer por sua integridade física e acusou o governador de tentar desmoralizar aqueles que denunciam os problemas do estado. O senador afirmou, ainda, ter sido seguido por carros não identificados em viagens pelo interior do Acre.

- Eu peço ao senador Petecão que tenha serenidade nessas suas afirmações. Menos, menos, senhor Petecão - afirmou Aníbal Diniz.

Ele afirmou que, em sua trajetória na Frente Popular do Acre, que reúne partidos aliados ao governo, Petecão conseguiu ocupar importantes postos graças à articulação do governo e do PT. O senador, disse Anibal Diniz, foi presidente da Assembleia Legislativa do Acre por quatro mandatos consecutivos e, em 2007, se afastou da coligação pela qual foi eleito. Para Anibal Diniz, o rompimento não se deu por discordância ideológica, e sim pelo objetivo de conseguir mais espaço político.

- Foi um afastamento silencioso, até porque Sérgio Petecão acompanhou, apoiou e aprovou todas as conquistas efetuadas durante os oito anos de governo de Jorge Viana - disse o senador petista, que enumerou avanços do Acre nos últimos 12 anos, sob a gestão do PT.

Atualmente, Sérgio Petecão é do PMN, mas já anunciou a filiação ao PSD, que, de acordo com sua assessoria, deve ser formalizada no final do mês. 

Serviços ambientais

Anibal Diniz também comemorou o lançamento, pelo governo federal, da versão amazônica do programa Brasil Sem Miséria. Durante o lançamento, realizado na quarta-feira (28) em Manaus, a presidente Dilma Rousseff anunciou o pagamento por serviços ambientais. O PLV 24/2011, aprovado também na quarta-feira pelo Senado prevê o pagamento da Bolsa Verde, no valor de R$ 300 trimestrais a famílias em situação de extrema pobreza que promoverem ações de preservação do meio ambiente.

- A matéria que foi aprovada aqui, ontem [quarta-feira, 28], é de grande importância para os povos da Amazônia, principalmente para os mais necessitados, os ribeirinhos, aqueles que estão nas regiões mais distantes e isoladas - afirmou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:

Senado Agora
18h43 Assembleias corporativas: Senado aprovou o PLV 19/2020, oriundo da MP 931/2020, que prorroga o prazo para as empresas e cooperativas realizarem as assembleias gerais ordinárias de acionistas ou sócios exigidas pela legislação. O texto vai a sanção.
16h40 Empréstimos para Curitiba: Senado aprova autorização para contratação de operação de crédito externo, de 138 milhões de euros, entre Curitiba e a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), para o "Projeto Gestão de Risco Climático Bairro Novo do Caximba.
16h37 Empréstimos para Curitiba: Senado aprova autorização para operação de crédito externo, de US$ 106,7 milhões, entre Curitiba e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para o Projeto Aumento da Capacidade e Velocidade da Linha Direta Inter 2.
Ver todas ›