CCJ tem última audiência sobre reforma da Previdência

23/08/2019, 10h29

Selo_ReformaPrevidencia2.jpgA Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) fez nesta quinta-feira (22) a sexta e última audiência pública do ciclo de debates sobre a reforma da Previdência (PEC 6/2019). O secretário de controle externo da gestão tributária, da Previdência e Assistência Social do Tribunal de Contas da União (TCU), Tiago Dutra, disse que soluções como melhorar a gestão da previdência, aumentar a arrecadação ou ampliar o combate à corrupção são insuficientes para garantir a sustentabilidade do sistema. A presença de um representante do TCU nas discussões foi solicitada pelo relator da PEC 6/2019, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).

O senador Paulo Paim (PT-RS) chamou a atenção para a necessidade de combate à sonegação de impostos, que soma R$ 500 bilhões em prejuízos, segundo o TCU. Já o secretário adjunto de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, entende que a defesa dos privilégios em desfavor dos mais pobres compromete o futuro do país.

Nesta semana, a CCJ realizou seis audiências públicas sobre a reforma da Previdência, com mais de 60 convidados e 25 horas de trabalho. A reportagem é de Marcella Cunha, da Rádio Senado.



Opções: Download