Projeto proíbe propaganda e venda de cigarros com sabor

11/03/2019, 13h22

Uma proposta em análise na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado proíbe a propaganda e a exposição de cigarros nos pontos de venda e padroniza as embalagens, consideradas uma forma de publicidade. O relatório do senador Humberto Costa (PT-PE) ao PLS 769/2015, de autoria de José Serra (PSDB–SP), ainda veda o uso de aditivos de sabor e aroma, como mentol, que refresca a garganta e facilita a adaptação do iniciante ao fumo, ou a amônia, que acelera a absorção da nicotina. O texto estabelece como infração de trânsito e pune com multa quem fumar em veículos com passageiros menores de 18 anos. Humberto, que é médico, acredita que a redução do contato com o cigarro protege principalmente os mais jovens. Ouça reportagem de George Cardim, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
11h33 Covid-19 nos estados: A Comissão da Covid-19 aprovou audiência pública para debater com governadores as dificuldades dos estados, o estágio da pandemia, o progresso do cronograma de vacinação e a compra descentralizada de vacinas (REQ 61/2021).
11h22 Covax Facility: A Comissão da Covid-19 aprovou realização de audiência pública sobre a grave crise sanitária do país e as tratativas para aquisição de vacinas via Covax Facility, consórcio coordenado pela OMS (REQ 59/2021).
11h17 Fake news sobre vacinas: Senadores da Comissão da Covid-19 aprovaram audiência pública para debater estratégias, monitoramento de publicidade e controle de fake news sobre a vacinação contra o coronavírus (REQ 58/2021).
Ver todas ›