Projeto quer acelerar oferta de novos remédios e tratamentos pelo SUS

02/08/2018, 14h57

Projeto do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) em análise na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) modifica as regras para a adoção de novos remédios e tratamentos pelo Sistema Único de Saúde. Relatado pela senadora Ana Amélia (PP-RS), o PLS 415/2015 visa estabelecer critérios mais objetivos e que permitam maior transparência e mais agilidade nas análises feitas pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS. Entre outras medidas, o texto obriga que o SUS defina e divulgue os parâmetros para se determinar o custo-efetividade de cada tratamento ou medicação. O indicador leva em conta o preço dos produtos e as evidências científicas de sua eficiência no tratamento, seja em relação à cura ou à melhoria da qualidade de vida dos pacientes. A reportagem é da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
13h26 Salário-maternidade: Comissão de Assuntos Econômicos aprova Projeto de Lei do Senado 142/2016, que determina ao empregador pagar salário-maternidade diretamente à mãe adotante . Medida segue para CAS.
13h14 Mercado livre de energia elétrica: Senadores da CAE aprovam o PLS 232/2016, que trata da redução gradual dos limites de carga para que consumidores possam escolher fornecedor de energia elétrica. O parecer da comissão segue para a CCJ.
12h43 Lei do terrorismo: Jailton Nascimento, do Movimento Vem pra Rua , em debate da CCJ sobre terrorismo, colocou-se a favor da ampliação das condutas consideradas terroristas, por achar a atual lei dá um indulto para danificação do patrimônio público.
Ver todas ›