CPI da Previdência propõe fim da DRU e teto de 9 mil reais para benefícios do INSS

23/10/2017, 21h39 - ATUALIZADO EM 23/10/2017, 22h19

O senador Hélio José (Pros-DF) apresentou o seu relatório à CPI da Previdência. Ele sugere a aprovação de dois projetos de lei e duas propostas de emenda à Constituição. Entre elas, está a proibição do governo federal retirar recursos do Orçamento da Seguridade Social, através da Desvinculação das Receitas da União (DRU). Essa proibição valeria até 2023. A outra proposta é o aumento do teto dos benefícios pagos pelo INSS para 10 salários mínimos, o equivalente hoje a R$ 9.370,00, quase o dobro do valor atual. A reportagem é de Marcella Cunha, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
15h29 Suplente: Acaba de tomar posse em Plenário advogado Elber Batalha, suplente do senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), que se licenciou por 120 dias para tratamento de saúde e licença por interesses pessoais.
11h56 Segurança pública: O Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP) deverá prover recursos para os serviços de Disque-Denúncia. Essa é uma das medidas previstas no PLC 187/2015, aprovado pela CCJ.
Ver todas ›