Wilder Morais propõe fim da progressão continuada nas escolas

26/09/2017, 10h10 - ATUALIZADO EM 26/09/2017, 10h14

Um projeto (PLS 336/2017) apresentado recentemente pelo senador Wilder Morais (PP-GO) muda a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei 9.394/2016) e estabelece o fim da progressão continuada, em que o aluno estuda por ciclos e não prevê a repetência. Em entrevista à Rádio Senado, o senador explicou a sua proposta. O objetivo, segundo ele, é que as escolas adotem apenas o sistema pelo qual o aluno é promovido de série se passar numa avaliação feita pelo professor. Wilder Morais argumentou que a progressão continuada é uma "aprovação automática" que não melhorou a qualidade do ensino. "Nós tiramos a autoridade do professor e formamos alunos que não têm condições de ler, escrever e fazer contas básicas", disse o senador. Ouça a entrevista ao jornalista Adriano Faria:



Opções: Download