Projeto que permite manter por dois meses créditos de internet vai à Câmara

10/08/2017, 10h12 - ATUALIZADO EM 10/08/2017, 10h36

O projeto (PLS 110/2017) que permite aos usuários de internet móvel acumular e usufruir, por até dois meses, o saldo que não foi consumido dentro do mês contratado seguirá para a Câmara dos Deputados, depois de ter sido aprovado nessa quarta-feira (9) pela Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor do Senado (CTFC). O autor do projeto, senador Dário Berger (PMDB-SC), afirmou, em entrevista à Rádio Senado, que não acredita que a mudança leve as operadoras a aumentar os preços dos pacotes de internet móvel. "O sistema de telefonia tem uma concorrência significativa, e o usuário terá condições de optar entre várias alternativas", disse o senador. Ouça a entrevista ao jornalista Adriano Faria:



Opções: Download


Senado Agora
14h29 Comissão de Infraestrutura: Por aclamação, o senador Dário Berger (MDB-SC) foi eleito presidente da Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) para o biênio 2021-2023. A vice-presidência ficará a cargo do senador Jayme Campos (DEM-MT).
12h19 Comissão de Ciência e Tecnologia: Por aclamação, o senador Rodrigo Cunha (PSDB-AL) foi eleito presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) para o período 2021-2023.
11h58 Comissão de Desenvolvimento Regional: Os senadores Fernando Collor (Pros-AL) e Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) foram eleitos, respectivamente, presidente e vice da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) para o biênio 2021-2023.
Ver todas ›