PEC que torna o crime de estupro imprescritível segue para a Câmara

09/08/2017, 20h53 - ATUALIZADO EM 10/08/2017, 10h17

O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (09), em segundo turno, a proposta de emenda à Constituição, de autoria do senador Jorge Viana (PT-AC), que torna o crime de estupro imprescritível e inafiançável. Foram 61 votos favoráveis e nenhum contrário. A PEC 64/2016 segue para a Câmara dos Deputados. A relatora, senadora Simone Tebet (PMDB-MS), destacou que a matéria é de extrema importância, já que muitas vítimas levam décadas para ter coragem de denunciar o crime. A reportagem é de Maurício de Santi, da Rádio Senado.



Opções: Download