Comissão de Transparência analisa limite de saques bancários a R$ 50 mil/dia

02/08/2017, 21h09 - ATUALIZADO EM 03/08/2017, 08h41

Para dificultar a movimentação financeira de dinheiro obtido de forma ilegal e combater os crimes de corrupção, o senador Eduardo Amorim (PSDB-SE) quer limitar os saques a R$ 50 mil por cliente, por dia, seja pessoa física ou jurídica. O PLS 235/2017 está em análise na Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor do Senado. A reportagem é de Maurício de Santi, da Rádio Senado.



Opções: Download