Usuário poderá acumular franquia em pacote de internet móvel

05/07/2017, 10h19

Está na pauta da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) um projeto que assegura ao usuário de internet móvel usar, como saldo acumulado, o que sobrar da franquia mensal do pacote de dados. O PLS 110/2017, de autoria do senador Dário Berger (PMDB-SC), tem como relator o presidente da CCT, senador Otto Alencar (PSD-BA). Em entrevista à Rádio Senado, Otto Alencar explicou que os dados não utilizados poderão ser somados à franquia e consumidos nos dois meses seguintes. Segundo ele, a mudança não acarretará reajuste extra nos valores dos planos de internet móvel. O senador também é relator do PLS 445/2016, apresentado pelo senador Roberto Muniz (PP-BA), que obriga os serviços de atendimento telefônico das prestadoras de serviços regulados pelo poder público a aceitar ligações gratuitas feitas de linhas móveis. "A ideia é acabar com o desrespeito ao consumidor, que muitas vezes liga em situações de emergência", disse Otto Alencar. Ouça a entrevista ao jornalista Adriano Faria:



Opções: Download


Senado Agora
18h57 Proibição de corte de luz às sextas-feiras: O Plenário aprovou o substitutivo da Câmara dos Deputados ao Projeto de Lei 669/2019, que proíbe o corte do fornecimento de água ou de energia elétrica às sextas-feiras e vésperas de feriado. A matéria vai a sanção.
17h09 Cargos na Polícia Federal: O Plenário aprovou a Medida Provisória 918/2020, que cria funções comissionadas na Polícia Federal e transforma cargos em comissão. A matéria vai a promulgação.
Ver todas ›