Ferraço apresenta na CAS seu relatório sobre a reforma trabalhista

13/06/2017, 15h08 - ATUALIZADO EM 13/06/2017, 15h11

O senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) leu nesta terça-feira 913), na Comissão de Assuntos Sociais do Senado (CAS) o seu relatório sobre o projeto da reforma trabalhista (PLC 38/2017). O relator mantém o texto aprovado pela Câmara dos Deputados e rejeita 457 emendas apresentadas pelos senadores para modificar o projeto, mas sugere o veto da Presidência da República a seis pontos.

Segundo Ferraço, as medidas previstas no projeto vão combater a crise econômica e ajudar a incluir cerca de 55 milhões de brasileiros desempregados ou na informalidade no mercado de trabalho.

A reforma não é consenso entre os parlamentares e os senadores de oposição apresentaram relatórios alternativos rejeitando a proposta. O senador Paulo Paim (PT – RS), reiterou que a medida vai retirar direitos dos trabalhadores.

Ouça dos detalhes no áudio do repórter da Rádio Senado George Cardim.



Opções: Download


Senado Agora
13h35 Motoristas de aplicativo: Destacada para votação em separado, também foi aprovada emenda ao PL 1.179/2020 que beneficia motoristas de aplicativo, reduzindo temporariamente em 15% o repasse que os profissionais são obrigados a fazer às empresas.
13h32 Relações jurídicas: Em sessão remota, o Plenário aprovou o PL 1.179/2020 que altera relações jurídicas privadas durante a pandemia da covid-19. A matéria segue para a Câmara dos Deputados.
12h09 Relações jurídicas: O Plenário aprovou texto-base do PL 1.179/2020, que altera relações jurídicas privadas durante a pandemia. Senadores avaliam agora um destaque ao projeto.
Ver todas ›