CMA aprova projeto que inclui usinas híbridas em leilões de energia

20/06/2017, 14h52 - ATUALIZADO EM 20/06/2017, 15h06

Um projeto (PLS 107/2017) aprovado na Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado (CMA) permite a participação, nos leilões de energia, das chamadas “usinas híbridas” - ou seja, as que utilizam mais de um tipo de fonte renovável de geração. A intenção é estimular a produção a partir de fontes renováveis e possibilitar uma redução nos preços ao consumidor final.

A proposta contou com apoio do relator, senador Roberto Rocha (PSB–MA), cujo parecer foi defendido na comissão pelo senador Roberto Muniz (PP–BA). Muniz, que é engenheiro, argumentou que, além do aspecto ambiental, a possibilidade de se fazer o uso simultâneo de energias renováveis com custos diferenciados, tende a trazer a diminuição dos custos da produção dessa energia.

Ouça os detalhes no áudio com a repórter da Rádio Senado Marcela Diniz.



Opções: Download