CCJ aprova proposta que endurece o combate a pirataria de remédios

15/02/2017, 14h37 - ATUALIZADO EM 15/02/2017, 17h45

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado (CCJ) aprovou uma proposta que endurece o combate à pirataria de remédios. O projeto (PLS 464/2011) acaba com o prazo de suspensão do funcionamento de empresas que forem pegas vendendo medicamentos, cosméticos ou itens de higiene pessoal falsificados.

Reportagem de Roberto Fragoso, da Rádio Senado.



Opções: Download