Renan: reforma política e lei de abuso de autoridade devem ser priorizados

18/10/2016, 19h22 - ATUALIZADO EM 18/10/2016, 19h30

O presidente do Senado, Renan Calheiros, defende que a votação do PLS 280/2016 que aumenta a pena para o crime de abuso de autoridade ocorra em conjunto com a reforma política.  Ele confirmou para o dia 9 de novembro o início da votação no Plenário do Senado da PEC 36/2016 que cria a cláusula de barreira para dificultar a criação de novas legendas e acaba com as coligações partidárias. Por outro lado, alguns senadores, como Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Romero Jucá (PMDB-RR), avaliam que o Senado deve priorizar as mudanças no sistema político. A repórter Hérica Christian, da Rádio Senado, tem os detalhes.



Opções: Download