Senado aprova em primeiro turno assistência social para mulheres vítimas de violência

14/06/2016, 19h26 - ATUALIZADO EM 14/09/2016, 17h41

O Plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (14), em primeiro turno, a proposta de emenda à Constituição (PEC 43/2012) que inclui as mulheres vítimas de violência entre os beneficiários da Política Nacional de Assistência Social. Entre os benefícios estabelecidos pelo texto, estão o pagamento de um salário mínimo para as mulheres que não têm como se manter, o acompanhamento familiar e o acesso a serviços de saúde e educação. A PEC, que foi aprovada por unanimidade, ainda precisa passar por uma segunda votação antes de seguir para a Câmara dos Deputados, como informa o repórter Maurício de Santi, da Rádio Senado.



Opções: Download