Crimes de racismo e discriminação pela internet podem receber pena de prisão

16/05/2016, 18h46 - ATUALIZADO EM 13/09/2016, 23h13

O projeto de lei do Senado PLS 80/2016, de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS), prevê pena de prisão para quem cometer crimes de racismo e discriminação pela internet, inclusive para aqueles que repassarem a ofensas adiante. A proposta, que está em análise na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), sob a relatoria da senadora Simone Tebet (PMDB-MS), também atualiza a lei de racismo no Brasil. Mais informações você ouve com o repórter da Rádio Senado Floriano Filho.



Opções: Download